Um basta

1.1K 56 8

Não, sinceramente, eu já estava cheia de tanto sms estilo -A de Pretty Little liars. Ah, qual é? Eu tava me sentindo a própria Hanna depois de receber a mensagem de A pela primeira vez...

Mas enfim, né... Eu tinha que fazer alguma coisa, ainda que fosse meio difícil pois o filho da mãe não se identificava e eu não tinha como saber..

Podia ser o padeiro que fez cara feia pra mim no dia que fui comprar um croissant e acabei roubando outro... Ou até mesmo a senhorinha que vive reclamando no ponto de ônibus que eu canto alto demais.

Enfim, podia ser qualquer pessoa. Mas porque infernos tinha que me atormentar desse jeito?

Sera que era falta do que fazer?

Então resolvi ligar pra Harry. Ele tinha que saber quem era. Eu tô começando a achar, ou melhor, a ter certeza que era alguém relacionado a ele.

Liguei, uma, duas vezes, mas só caía na desgraça da caixa postal. Provavelmente meu querido namorado ainda nem sequer tinha posto o celular pra carregar. Homens.

Depois resolvi ligar para Gih. Que atendeu apenas no terceiro toque.
O que era difícil de acontecer, já que ela sempre me atendia ao primeiro toque.. talvez eu tivesse atrapalhado algo.

- Oi... Amiga! - Ela finalmente falou, ainda que com dificuldade.

- atrapalhei alguma coisa, Gih?

- N-não, é que...

- Gihhh sua danadinha... Cadê você, to aqui te esperando mi amoooooooor!..

Ouvi uma voz masculina atrás de mim, o que dizia muito bem que eu havia sim atrapalhado a minha amiga. Aposto que ela deve ter ficado vermelha de vergonha.

- Desculpa aí, amiga. Pode voltar...

- N-não menina, imag... Ina...

-- Gihhhhh... Gatinha vem cá...

- Ok, eu realmente preciso ir. Depois eu falo com você.

E nos despedimos rapidamente. Essa Giselli... Nao sei não...

É verdade, eu sou alguns meses mais nova que Giselli, mas ela nunca escondeu de mim que não era mais virgem, apesar de eu ainda ser.

Tinha perdido a virgindade quando namorou um tal de Nicholas Bolt, sim, ele tem nome de cachorro, e não, ele não é nenhum parente do Usain Bolt.

Maaaaas, no começo do namoro, ela achava que estava indo tudo as mil maravilhas, até que...

Até que ela resolveu dar para o imbecil, e menos de uma semana depois, a Gih tinha descoberto que estava sendo traída havia algum tempo.

Depois disso, o Nicholas apareceu no outro dia de olho roxo e com o orgulho ferido, de tanto ter apanhado da Giselli.

Mas enfim, ainda sou virgem e me orgulho disso. Só vou ter a primeira vez..
Quando eu tiver certeza de que a pessoa não quis só isso comigo e me largou, igual o Nicholas fez com a Gih.

Mas enfim, depois disso, pensei em ligar (mais uma vez) pra Harry, mas como sempre, estava caindo na caixa postal.

- Droga!pra quê ser tão rico se nem pode comprar um carregador portátil pra ouvir a namorada quando ela mais precisa? - Falei pra mim mesma enquanto andava feito uma louca pela casa.

Por fim, acabei com um balde de pipoca, vários pacotes de Twixes espalhados e uma garrafa de um litro de coca cola na minha mesa enquanto assistia ao filme De Repente 30.

50 Tons de Harry Styles Leia esta história GRATUITAMENTE!