Erick Rodrigues

62 3 4

Gostaria de agradecer-lhes por ter lido e agora conversar um pouco com vocês, ministrar agora uma breve palavra à vossos corações.
Eu não conheço os motivos pelos quais vocês decidiram ler esta obra, mas isso mostra o quão importante Deus é para vocês, mesmo que as vezes as coisas não sejam como esperamos e que Ele nos pareça não ouvir, Ele é sim de suma importância para cada um de nós

Salmo 116.12:

"Que darei eu ao Senhor, por todos os benefícios que me tem feito? "

Esse é um Salmo lindo, porque nos faz pensa em primeiro, nas obras que o Senhor tem feito em nossas vidas, e segundo, no que temos feito para agradecer a Deus por essas obras.

____________________________________________________________

Dar como forma de agradecimento

Existe uma coisa chamada ''reciprocidade''. Reciprocidade, segundo o dicionário, é o ato de troca, algo mútuo, que vem de duas partes. Em outras palavras, reciprocidade é "dar e receber". Isso parece bom, afinal, quem não gosta de fazer algo para Deus e receber dEle uma bênção em troca? O problema é que as pessoas já não têm dado ao Senhor apenas pelo prazer de fazer algo à Ele, mas já dão visando receber. Agora, já parou para pensar se Deus de repente passasse a fazer para nós as coisas não mais pela sua misericórdia, mas agora querendo receber algo de nós? Nós certamente não receberíamos nada de Deus, pois não temos nada para oferecer à Ele, a não ser os pequenos atos de gratidão sincera que temos deixado para trás.

Nós nos acostumamos a pedir e nos esquecemos de agradecer a Deus, como se nossas necessidades fossem maiores do que os benéficos que o Senhor já nos fez. Nós saímos de casa para vir à igreja e nos esquecemos do propósito real do culto. Culto, segundo o dicionário é o ato de adoração e homenagem à divindade. O dicionário cita também algumas formas de externar um culto e dentre elas está a ''veneração''. Venerar segundo o dicionário é tributar grande respeito ou reverenciar a alguém. Mas, ao invés desse ato de homenagem e gratidão, a gente vem no caminho de casa à igreja já pedindo tantas coisas, nós pensamos em todas as nossas fraquezas e necessidades, pedimos por elas e nos esquecemos de ofertar a Deus o nosso sacrifício. No fim do culto, fazemos fila para receber oração dos pregadores e na fila pedimos para que Deus os use para falar conosco. Eu acredito que hajam profetas e que Deus os use, mas não acredito que a função dos profetas seja suprir a nossa falta de intimidade com Deus. Você já parou para pensar que ao invés de pedir pra Deus usar o profeta no fim do culto, você pode pedir a Deus que te dê ouvidos sensíveis que te permitam agora ouvir a Sua voz? Deus está disposto a não só falar conosco através dos pregadores, mas Ele quer agora que nós possamos ouvir a Sua voz, e isso depende inteiramente de cada um de nós.

Temos motivos para agradecer mesmo em momentos difíceis?

Eu entendo que às vezes se torna difícil adorar a Deus porque as dificuldades nos fazem desanimar. Eu entendo que as afrontas da vida nos fazem entristecer trazendo como conseqüência a fraqueza tanto física quanto Espiritual, mas no Salmo 42.5 diz: "Porque está abatida, ó minha alma, e te perturbas dentro em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei pela salvação da sua face." Esperar em Deus no tempo de provação não é fácil, porque quando a necessidade vem, e notamos que algo nos faz falta, é natural do homem ter pressa em ver as coisas voltarem ao lugar, e quando isso não acontece no tempo em que esperamos, nós nos frustramos a ponto de desistir do que se é almejado. E o que fazer quando os nossos caminhos parecem não nos levar á lugar algum?

O Salmo 37.5 diz: "Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nEle, e Ele o fará.". Entregar os nossos caminhos ao Senhor é certamente muito importante pra que tudo dê certo em nossas vidas, mas também não é algo tão simples assim, porque, às vezes nós permitimos que o Senhor seja dono dos nossos caminhos, mas não saímos do lugar. Nós entregamos a Deus as nossas vidas e ficamos de braços cruzados esperando que as coisas aconteçam. Quando Deus é dono dos nossos caminhos, tudo o que Ele vai fazer é guiar os nossos passos, mas ainda somos nós que devemos caminhar. Ainda temos nossas obrigações a cumprir. Quando Deus é dono dos nossos caminhos, Ele nos guia, mas ainda devemos adorá-lo. Quando Deus é dono dos nossos caminhos, Ele nos guia, mas ainda devemos agradecê-lo. Quando Deus é dono dos nossos caminhos, Ele nos guia, mas ainda devemos vir ao culto com o propósito de ofertar a Ele o nosso melhor, e que seja de todo o coração.

O Senhor quer ser dono do seu caminho, e cada "Glória" que você diz é um passo na direção certa, cada vez que você declara "Santo" é um passo na direção certa. Cada vez que você se declara dependente dEle, é um passo na direção certa. Quer receber sua vitória? O Senhor te mostra o caminho certo, basta você agora caminha segundo a Sua vontade.                                            

Viu agora como suas atitudes são extremamente responsáveis pela forma que você vive? Não adianta esperar que as coisas aconteçam naturalmente, pois elas não vão. Tome uma atitude agora, convide a Deus que more em sua casa, mas permita-lhe ser dono da casa e não apenas um convidado. Sirva a Deus da maneira certa, viva em santidade, espalhe o evangelho. Tome uma atitude agora e conheça a felicidade real!


Bem, é isso, espero que tenham gostado, que Deus abençoe a cada um de vocês. Muito obrigado por lerem. Fiquem com Deus, até a próxima galerinha. 

Provando Racionalmente A Existência De DeusOnde as histórias ganham vida. Descobre agora