Capítulo 1

914 44 16

ESCRITÓRIO DE CAT GRANT

Cat: É quase cômico o Planeta Diário me pedindo colaboração em assuntos confidencias. Mas sou uma excelente profissional e uma cidadã que gosta de colaborar com a sociedade. E como o meu repórter fotográfico está em uma conferência fora da cidade, então... Tudo bem.

Clark: Nós agradecemos muito. Tenha certeza disso.

Cat: Eu tenho.

Cat vê Kara chegar.

Cat: Kareh, aqui, agora!

Kara: Sim, senhora Grant?

Kara entra na sala.

Kara: Eu confirmei com todos os acionistas os papeis para a viagem.

Cat: Ótimo. Quero que conheça...

Clark olha para Kara.

Kara: Clark?

Cat: Vocês já se conhecem?

Clark: Não. Prazer em conhecê-la.

Kara: O prazer é meu.

Cat: Kara, pare de falar com meus convidados como se fosse intima. Você já deve ter lido muitos artigos do senhor Kent, obviamente, mas guarde-os para si mesma. Certo?

Kara: Certo. Claro. Claro. Eu... já li muito sobre seu trabalho.

Cat: Certo. Quero que dê uma mesa ao senhor Kent e o ajude no que precisar, mas sem perguntas, entendeu?

Kara: Sim, senhora.

Cat: Podem ir agora.

Kara: Vou mostrar a sua mesa.

Eles saem da sala.

Kara: O que está fazendo aqui?

Clark: Ouviu sua chefe. Sem perguntas.

Eles encontram Wynn no corredor.

Wynn: Kara, os papeis para a senhora Grant assinar.

Kara: Ok. Wynn, quero que conheça...

Wynn: O Superman? Incrível! Cara, sou muito seu fã mesmo.

Clark e Kara se entre olham.

Clark: Eu sou Clark Kent, prazer.

Kara: Desculpe. Ele é meu amigo. Podemos confiar nele.

Wynn: Podem confiar em mim.

Kara: Falando nisso, o que está fazendo aqui?

Clark: Em que mesa eu posso ficar?

Kara: A mesa, claro!

Clark fica na mesa do recanto perto da janela. Abre sua pasta, tira os papeis e coloca em cima da mesa. Alguns voam, ele pega-os e reorganiza. Depois fecha a janela.

Kara: Hum...

Wynn: Parece que ele não precisa de ajuda.

Kara: Ele precisa. Então, por que ele estaria aqui?

Wynn: Por que ele está aqui?

Kara: Eu não sei. Mas é importante.

Wynn: Será que ele está nos ouvindo?

Eles olham para Clark que continua mexendo nos papeis. Ele sorrir. Kara pega o celular.

Kara: Talvez sim, talvez não. Nunca saberemos. Ok, mensagem do DOE. Eu volto logo.

Alguns minutos depois, Wynn está sentado na sua mesa quando Clark aparece ao lado dele.

Clark: Oi.

Coração de KryptonLeia esta história GRATUITAMENTE!