Pós-escrita #6 - Escrevendo uma Sinopse

998 106 12




Você terminou o seu livro e começou a postá-lo ou quer enviá-lo para as editoras? Então, você precisa de uma sinopse. Mas o que é a sinopse e para que ela serve?

A sinopse é um breve relato da sua história que tem a finalidade de "vendê-la" – fazê-la ser lida.

Como você quer impactar o seu público a ponto de este tirar um momento de laser para ler a sua história, você deve direcionar a sinopse para um dos público específico: editoras ou leitores.

Existem algumas características fundamentais para uma boa sinopse e características específicas para cada público.


Características fundamentais

- Em terceira pessoa, mesmo que o livro seja escrito na primeira.

- Em tempo presente (não no passado) mesmo que o evento aconteceu antes da história começar. Isso ajuda a dar dinamismo ao texto.

- Aborde apenas a trama principal, nunca a subtrama.

- A sinopse não pode conter erros. Revise muitas vezes.

- Não use falas dos personagens ou monólogos.


Características específicas – Leitores

- Não conte o final. Seu objetivo é criar um vínculo imediato com o leitor. Use ganchos fortes e conte menos do que ele quer saber. Ele precisa ter vontade de saber o que vai acontecer.

- No máximo, conte eventos que ocorrem até o início do segundo Ato.

- Não se alongue demais. Mire de 150 a 200 palavras. Se passar deste patamar, tenha certeza que não consegue excluir nenhuma palavra. Nesse caso, não passe de 300.


Características específicas – Editoras

- O editor não quer surpreendido. Revele todas as reviravoltas e conte o final.

- Use a divisão em Atos para separar as três ou quatro partes fundamentais da trama. Em frases curtas, defina a parte central de cada uma. Neste ponto, suprima o seu estilo. O texto deve ser objetivo, jornalismo.

- Reescreva algumas vezes essas partes para deixar o texto harmônico. Em seguida, reescreva mais uma vez adicionando o estilo do seu livro – se o texto for cômico, seja engraçado; se for sóbrio, seja sério.

- Use ganchos fortes entre as partes. Você precisa deixar o editor interessado. Ele tem muitas sinopses para ler e estará procurando por erros. Não o dê essa oportunidade.

- Seja objetivo. Mire 300 palavras. Nunca passe de 20 linhas – a menos que a editora tenha dito para você passar. As editoras simplesmente eliminam textos fora do padrão.


DICAS

- Entenda que a sinopse nunca vai estar perfeita. Tente melhorá-la sempre. Reescreva o máximo de vezes que puder.

- Leia a sinopse de livros novos (nos sites das livrarias). Ela sempre será destinada aos leitores, mas ajuda a dar o tom para todo o tipo de sinopse.

- Nada está escrito na pedra. Sinta-se livre para ousar. Só tenha ciência que ao se afastar dessas recomendações o risco de rejeição aumenta. Mas é exatamente aí onde você pode se diferenciar. Então, tome decisões conscientes.


***

A participação de vocês é imensamente importante! Peço que usem os comentários para críticas, perguntas, opiniões e sugestões de temas. Se gostarem, não deixem de votar e adicionar à sua lista de leitura para não perder os próximos capítulos.


GUIA do Escritor de FicçãoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora