Cap-19

8.1K 378 13

Miguel
Nesses últimos dias a Marina está mais fria do que quando nos conhecemos, eu até tentei saber o que era, mas ela não me deixava chegar perto então preferi deixar ela pensar sozinha.

Depois de chegar na empresa e resolvi um monte de coisas para a próxima construção, meu pai deixou tudo isso pra mim, eu nunca quis, mas se não ficasse comigo meu primo ia acabar com tudo o que meu pai um dia deu duro pra construir.

Então aqui estou eu! Mas eu ainda não entendo o porque de Marina está sendo fria comigo, talvez seja algum problema pessoal então vou deixar ela quieta.

Chego em casa e Monique não esta mais então eu vou jantar e sem querer escuto Marina falando no telefone

--Vick eu vi com meus próprios olhos, se alguém me contasse eu duvidaria, mas eu vi, eu estava lá quando aconteceu, eu acho que gosto dele, mas tenho que tirar essa ideia da cabeça, em tais circunstâncias!-- houve uma pausa e depois ela voltou a falar-- eu sei, nas tudo isso vai durar apenas dois anos, daqui a pouco vou estar livre, você vai ver, eu só preciso... Isso isso mesmo! Então semana que vem é meu aniversário o que você e as meninas estão aprontando em?!-- ela ri, e eu fico boquiaberto, semana que vem, como eu não soube disso? Nossa preciso fazer algo!

Marina
Semana que vem é meu aniversário e eu não a mínima ideia do que fazer.

Quando termino de falar com Vick Miguel entra na cozinha e vai se servir eu fico no mesmo lugar que estava. O que mais me empreciona é que ele age como se nada estivesse acontecendo e não me contou nada nem um pingo de arrependimento eu vejo nos seus olhos, ele é pior do que eu imaginava.

--O que fez hoje Marina?-- perguntou enquanto sentava à mesa

--O mesmo de sempre!-- digo indiferente

--Quando que é seu aniversário mesmo?-- pergunta me olhando

--Sexta-feira--

--Você já tem alguma coisa marcada com suas amigas? Porque se não tiver a gente pode fazer alguma coisa-- disse e ficou me analizando

--Não sei o que vou fazer, as meninas disseram que estão planejando algo, mas não sei o que é ainda!-- disse descendo do balcão --Tudo bem então!-- disse terminando de comer e levantando

--Boa noite Miguel-- disse e quando ia saindo ele segurou meu braço e me puxou pra perto de si, quando bati em seu peito minha respiração falhou e me arrepiei

--Não ganho nem un beijo da minha esposa antes de dormir?-- falou passando o nariz em meu pescosso. Meu Deus me ajuda.

--Acho desnecessário-- falei firme mesmo com toda confusão dentro de mim.

--Sério que você não quer?-- pergunta beijando minha bochecha e mordendo minha orelha. Deus que tentação.

--Não, não quero Miguel-- disse tentando me soltar, mas foi em vão ele é muito mais forte que eu.

--Por favor Marina, você não sabe o quanto eu te desejo, você me tortura assim!-- disse agarrando minha cintura e eu tentando o afastar

--Miguel não-- eu grito e ele para, mas não me sikta

--Porque Marina? Você é minha esposa e é sua obrigação me satisfazer

--Mas eu não sou uma trouxa que você está acostumado a usar e jogar fora Miguel, eu sei do seu passado com Amanda e não é tão passado assim né?!-- pergunto e vejo ele ficar branco soltando minha cintura-- se você achou que iria me trair e ficaria por isso mesmo está enganado Miguel, eu posso não ser tão experiente assim, mas eu não vou aceitar ser traída, não mesmo!-- digo e saiu correndo da cozinha não queria que ele ne visse chorando. E assim dormi.


































Heeeeyy peoples!! Demorei ?! Mas mais um cap fresquinho!!
Então comentem e votem pra eu saber que vcs estão gostando da história!!
Bjoos e até a próxima!! 😘
Téèh!! 💓😘😊

Casamento Forçado Leia esta história GRATUITAMENTE!