24 - Guru Google

52 0 2


A vida poderia ser apenas se deitar na grama e olhar para as folhas das árvores encobrindo a luz do sol. Enquanto isso o vento passaria por você trazendo o cheiro da grama recém cortada suavizando o ambiente. E por todos os lados os passarinhos voariam cantando. Era esse cenário em que eu me encontrava. Pedro estava sentado enquanto terminava de tomar o seu sorvete, o meu já havia sido devorado, afinal, quem é que espera tanto para poder comer um sorvete? Mas ele tinha sensibilidade nos dentes, então comia bem devagar. Azar ao dele que nunca saberá a sensação de ter o cérebro congelado por comer algo muito gelado rápido demais.

- Vou começar a falar o que você pode fazer, certo?

Ele ainda estava na missão de tentar me ajudar.

- Estou escutando.

- Você poderia fazer algum tipo de atividade física para esquecer....

- Eu estou aproveitando o ápice do meu sedentarismo.

- Você também poderia passar mais tempo com outros amigos...

- Já estou passando muito tempo com você e não está resolvendo.

Achei que havia sido muito indelicada e me desculpei.

- O que mais você pode me dizer?

- Bom... Você pode sei lá procurar outras pessoas... Mudar o visual...

- Mas que merda você está falando? – Eu ri – não tem nada de errado com o meu visual. Não vou fazer que nem em filmes de comédia romântica em que a menina muda todo o visual pra agradar um cara.

Ele riu e se desculpou.

- Certo. Então a próxima coisa da lista é.... Manter distância...

- Você fez uma lista? – Termino me sentando e quando olho ele está olhando no celular. – Deixa eu ver a lista.

- Não é necessário...

- Pedro, deixa eu ver a lista. Você deveria estar querendo me ajudar... – lancei a minha carta de menina triste que ele havia jurado ajudar.

- Tá certo...

Ele parecia envergonhado quando me passou o celular.

Assim que peguei o celular eu pude entender o motivo daquela lista péssima e por ele ter feito resistência em entregá-lo para mim.

- Você está olhando na internet?

Ele só me deu um sorriso culpado.

O que me fez rir.

- Você é terrível em ajudar alguém nessa situação. Você acredita que eu até mesmo uma vez pesquisei sobre isso no Google?

- Você encontrou uma lista melhor que essa?

- Por incrível que pareça eu ainda achava que poderia lidar com a situação sem precisar da ajuda do Google. Acho que ele foi feito para ajudar pessoas como eu, só que eu ainda não havia entendido isso.

- Ah, lógico. O Google foi feito para ajudar no relacionamento das pessoas. Agora o que você pretende fazer com essa grande revelação? – Ele perguntou para mim.

- Dominar o mundo.

- Hein?

Eu comecei a rir.

- Estou brincando. Vamos encontrar uma lista melhor que essa? – Perguntei e sentei ao lado dele para que pudéssemos encontrar a lista juntos.

- O que será que o Guru Google irá nos falar agora?

Como Deixar de Amar o Seu Melhor AmigoLeia esta história GRATUITAMENTE!