Chapter 34: Calcinha da Vovó

5.5K 568 240

Emma

Acordo  um pouco tonta e com uma baita dor de cabeça.

Tive um sonho todo doido. Daniel pulava em mim tentando me matar, Sean me salvava e posso apostar que vi um helicóptero... Só eu mesmo para sonhar com coisas assim.

Sento-me na beirada da cama muito rapidamente o que faz com que minha cabeça quase exploda. Xingo mentalmente e abro os olhos, contudo como está de noite tudo está escuro, não vejo nada. Levanto-me procurando o meu abajur que fica ao lado da cama, porém acabo esbarrando em alguma coisa que faz um barulho estrondoso.

Que merda é essa? Tento me segurar nas paredes, mas elas não estão em lugar algum, então caio de bunda no chão.

Merda. 

Será que eu bebi ontem?

Não me lembro de ter tomado nada com Jason... Mas também não me lembro de nada, portanto pode ser que eu dei uma pequena exageradinha...

As luzes se acendem rapidamente fazendo com que meus olhos doam. Os fecho rapidamente e coloco o braço em cima, bloqueando a claridade.

Nina sua vaca! Penso.

Sinto duas mãos fortes passando de baixo das minhas pernas e segurando minhas costas. Em poucos segundos estou novamente deitada na cama.

- O que... – sussurro baixo e quando faço isso sinto uma leve pontada na garganta. Abro os olhos e vejo Sean usando apenas uma calça de moletom cinza e nada mais. Seu peitoral está todo descoberto me dando uma bela vista de seu rígido abdômen.

E que abdômen! SEM-OR...

Me ajuda.

Eu achando que estava sonhando antes?!

Esse é o melhor sonho de todos!!

Valeu Deus!

Ele me olha com cuidado, focando em meus olhos e parece preocupado. – Está melhor querida? – pergunta suavemente. Tento me levantar para responder, mas ele me impede. – Não, você precisa descansar. – sorri de lado me deitando novamente na cama.

Hmm... Esse Sean do meu sonho é bem gostosão e mandão.

Olho ao redor e me assusto. 

Esse não é o meu quarto. 

Definitivamente não é! Sinto sua mão em meu rosto e esse toque é real. Não estou dormindo! Miro novamente o ambiente ao meu redor e vejo um grande quarto com imensas janelas de vidro, com uma pequena sala ao lado cheia de sofás e uma imensa TV.

Calma ai... Onde eu tô?

Sean percebendo minha confusão pega em meu queixo suavemente me fazendo olha-lo.

- Este é o meu apartamento. – fala calmamente. – Daniel a atacou, lembra-se disso? – pergunta fazendo ternos carinhos em meu rosto.

- Sim... – murmuro baixo e quando faço isso não consigo conter minha careta de dor. 

- Por favor, não fale por enquanto, tudo bem? – pede angustiado. Concordo com um aceno e continuo o olhando. – A levei até o hospital. Lá fizeram alguns exames, mas a senhorita está bem... Só precisa ficar em repouso. No entanto, como não sabia onde morava... A trouxe para minha casa. – sorri abertamente.

Meu Deus do céu!

Eu tô na casa dele.

E ele tá sem camisa.

E pra piorar a gente tá na cama.

Os dois. 

Juntos.

Sempre sua Luce  (COMPLETO)Leia esta história GRATUITAMENTE!