0.8

1.7K 113 37

                             Mia

Eu conheci o James a poucas semanas,não sei como pude me apegar tanto assim em pouco tempo.

E eu nunca pensei em gostar do filho do meu chefe,mas bem,James é tudo o que uma mulher sonha e é totalmente o inverso do que diziam.

Lembro que ouvi vários boatos e comentários que ele era esnobe,e um completo mauricinho,que só usava todo mundo a seu favor e só queria curtir. Bem,na primeira impressão te digo que realmente achei que ele fosse isso,já que ele me chamou de "funcionáriazinha de merda" e isso não foi nada agradável,mas depois ele se mostrou tão prestativo,e me ajudou dizendo palavras boas quando eu estava na pior e confusa.

Bom,eu acabei de voltar do enterro do meu tio,o pai do Drew, e eu dei todo o apoio que podia a ele e a mãe dele,já que o pai dele sempre foi como um pai pra mim e a família dele foi sempre muito boa comigo quando estávamos juntos.

Eu já vi Drew chorar, uma vez,quando ele sofreu um acidente de carro e pensou que ia morrer,mas aquela dor não foi sequer comparável com a que ele sentia hoje,ele estava inconsolável, e eu nunca o vi quieto daquele jeito. Ele até tentou se mostrar forte para ajudar a mãe, mas depois de 15 minutos ele simplesmente desabou.

Eu não contei a minha mãe sobre a morte do Tio Sam ainda. Mas contarei quando chegar em casa. Amanhã ligarei para a empresa para notificar o motivo da minha falta e dizer que voltarei em alguns dias.

Mas hoje,hoje eu só quero abraçar minha mãe e chorar enquanto eu e ela assistimos algum filme bem foça.

Como nos velhos tempos.

...

Pego a chave de minha casa e abro a porta,subo as escadas e vou até o quarto de minha mãe e bato na porta, que é aberta em seguida.

"Olá amor." diz ela sorrindo e beijando o topo de minha cabeça.

"Mãe, eu preciso te contar algo.... Bem sério." digo e ela assente me puxando para sentarmos em sua cama.

"Diga o que houve,Mia." diz passando a mão em meus cabelos.

"Mãe..." digo já começando a chorar. " O Tio Sam morreu." termino rapidamente a frase e seu sorriso acaba.

"O-oo que disse?" pergunta,seus lábios tremendo.

Eu a abraço.

"Ele virou a estrela mais linda do céu.... Ele se foi mãe..... Se foi..." digo entre soluços e sinto suas lágrimas molharem minha blusa também.

"Ele me ligou algumas vezes... Disse que estava tentando melhorar.... Por você,Mia... Mas disse que sabia que a hora logo chegaria.... E disse que quando sua hora chegasse.... Eu devia te falar as palavras que ele me disse...." diz ela nos separando e me fitando.

O quê?

Ninguém havia me contado que ele estava mal. Ela sabia....

"Do que está falando mãe?" digo e os soluços voltam.

"Ele me disse para que não te contasse... Que ele não queria que você o visse daquele estado... Ele disse que te ama como se você fosse filha dele..." diz ela e sorri e seca as lágrimas, como se estivesse se lembrando.

"Ele disse que queria ver a garotinha dele feliz lá de cima. Ele disse que queria que você confiasse mais nas pessoas,que você se abrisse mais pro mundo. Que você tivesse menos medo de seus próprios sentimentos.
E que não queria ver a bebêzinha dele explodindo por guardar tudo dentro de si. Ele queria que prometesse fazer isso.... Por ele" diz ela sorrindo e eu choro ainda mais.

Meu Chefe É ( LIVRO PAUSADO)Leia esta história GRATUITAMENTE!