0.1

5.8K 218 36

Eu,Mia Ferrari, estou nesse momento sentada em meu escritório fazendo um relatório para meu chefe.

Bom,é claro que meu primeiro sonho e objetivo a cumprir não foi realmente realizado,já que ser secretária é um porre. Mas é o que temos pra hoje e diga-se de passagem.

Eu queria ser engenheira,professora, médica,arquiteta,chef de cozinha e olha pra mim,com uma blusa social e saia lápis, sentada fazendo planilhas e relatórios totalmente ridículos.

Eu tive tantas oportunidades, mas tive mais tropeços no caminho,mas com o tempo passando,as oportunidades vão fugindo e bom... Você precisa correr atrás de algo pra fazer.

No meu caso a única opção foi ser secretária na empresa Ford.

Você deve estar pensando: Nossa garota, você é burra. Por que não cursou as coisas que queria no tempo certo?

E eu te digo. Sempre quando se quer muito algo,as coisas tendem a dificultar para que chegue no objetivo.
Claro,no começo não havia obstáculos, mas eu era só uma adolescente e estava confusa.... Aí vieram os problemas familiares,e minha mãe apresentou os primeiros sintomas da doença que é chamada de câncer.

Depois veio os remédios, as seções de quimioterapia, os efeitos... A perda de cabelo,e eu participei de cada estágio, eu vi ela ficando careca,eu vi ela vomitando tudo,eu vi ela se enfraquecendo,e vi também ela chorar dizendo que não iria aguentar isso.

Sabe quando você vê algo de longe,algo que não tem relação com você ou com seu círculo social e você pensa que aquilo que houve é ruim, mas aí a mesma situação acontece para com os seus e você percebe o quão pior ela é? Bom,com o câncer foi isso que aconteceu.

Claro,eu já sabia que não seria fácil. Nenhum dos casos é, e milagres são difíceis de acontecer. Mas quando rolou eu fiquei em choque,eu não conseguia me concentrar em nada,e lá se foram meus sonhos,juntos com minhas oportunidades.

Nessa situação,minha mãe obviamente parou de trabalhar. O que resultou na perda do dinheiro em casa,já que somos só eu e ela a anos.
E bem,eu precisava fazer algo por ela,não podia simplesmente ficar olhando e esperando o teto desabar sobre nós.

Então eu montei 5 currículos e me encaminhei para as principais empresas da cidade,e a Ford,a maior delas,me aceitou.

Eu claro,fiquei feliz no começo. Quem não sonha em ter um trabalho bem remunerado estabilidade profissional, e boas referências?

Bom,eu entrei como estagiária e ganhava metade de um salário normal. Mas a carga horária era baixa,o que me deixava mais tempo para cuidar da minha mãe.

Isso até os remédios dela dobrarem de preço e eu ter que virar a secretária para ganhar mais dinheiro.

Bom,é claro que não culpo a minha mãe pelo meu fracasso profissional, na verdade,ninguém tem culpa,foi apenas o acaso brincando mais uma vez com as pessoas,e eu fui a escolhida. Algo de bom que a doença da minha mãe trouxe,foi a união, eu e minha mãe nem nos falávamos muito antes de tudo isso,mas depois ficamos mil vezes mais unidas,quase como irmãs,ou mãe e filha.

Bom,eu sou uma pessoa extremamente otimista, eu sempre tento ver o lado bom de tudo,mas nem sempre isso é possível.

O ponto de partida é o mercado de trabalho, e você percebe que quando está dentro dele você não está a salvo e muito menos imune. Há pessoas extremamente desagradáveis,e que vão tentar de tudo para tomar seu lugar,ou, apenas te tirar dele para terem algo para te humilhar.

Bom,e nessas pessoas não há,de maneira alguma,um modo de ver o lado bom. Elas são apenas más e mais más.

E olha só, no meu trabalho estou cercada de dezenas de pessoas desse tipo.
Sorte no azar? Sim!

E novamente você deve estar se perguntando: Por que você odeia tanto seu trabalho? Você tem demência?

Eu realmente não odeio meu trabalho. Eu odeio meu chefe.

Tudo bem que ele não é feio. Sério, ele realmente não é feio,ele é horroroso! E isso ainda é pouco pra descrever ele.

Meu chefe é um ser insensível, desprezível e imutável. E acredite em mim quando digo que não se pode mudar uma pessoa má.

Meu chefe é um velho asqueroso de mais ou menos uns 180 anos,que trai a mulher linda que tem com qualquer pessoa e que assedia os(as) funcionários(as).

Inocente é quem pensa que ele assedia só mulher!

Ainda bem que isso nunca aconteceu comigo,espero estar salva. Glorias. Pois se acontecesse não sei o que faria,já que preciso desse emprego mais que tudo.

Bom,diz a lenda que ele tem um filho de quase a mesma idade que eu,ou seja 21 anos,mas que mora longe. Claro,contando que meu chefe é um tirano,não espero muito de seus dons paternos,e se eu fosse o filho dele (Agradeço a Deus por não ser)eu iria querer fugir para o mais longe possível dele.

E bom, quando a grana é boa as pessoas fazem a festa. Já dizia esse velho ditado.

Então o filho dele nesse momento deve estar saindo de um cassino,um bar,ou festa com mais ou menos umas cinco mulheres que devem estar sorrindo e com um copo de bebida em cada mão,e bom,a partir daí vocês já sabem o que rola.

...

Estou perdida em pensamentos e frustrações quando minha amiga entra em minha sala me perguntando sobre as planilhas,então quando mostro a ela ela diz que o Sr. Ford mandou dizer que quer novas e mais sensacionais planilhas para sua reunião.

Bom,eu como secretária tenho perguntas sobre isso.

Eles usam planilhas em reuniões?

E desde quando uma planilha é sensacional?

E a resposta pra essas duas perguntas é a seguinte:
Eu realmente odeio meu chefe!

√√√√√√

Hey,a Tia espera que gostem da nova história. (:

E se gostarem,comentem durante ou no final do capítulo. E não esquece da starzinha não. *-*

Meu Chefe É ( LIVRO PAUSADO)Leia esta história GRATUITAMENTE!