Exercícios #1 - Carta proibida

2.2K 237 53



Vamos estrear essa seção e botar a mão na massa!

Proponho um exercício: Escreva uma carta proibida. Escreva e destrua se quiser. Não precisa mostrar para ninguém. Nem usar sentimentos reais. O exercício vale por si só. Seu objetivo é te soltar, te livrar da vergonha de escrever o que você não quer que seja lido. Em algum momento você vai precisar escrever algo que deixe os seus pais/familiares/amigos constrangidos. 

Descrição: Escreva uma carta para uma pessoa dizendo exatamente o que você tem medo/vergonha de dizer para ela. Argumente, xingue, minta, a escolha é sua. As três únicas restrições são: o tamanho (exatamente uma página), que seja lógica e que seja intensa.

Se você tiver alguém para ler a sua carta, melhor. Um escritor, eventualmente, tem que dar a cara a tapa. Se não, guarde e mostre para a futura você. Funciona da mesma forma.


***

A participação de vocês é imensamente importante! Peço que usem os comentários para críticas, perguntas, opiniões e sugestões de temas. Se gostarem, não deixem de votar e adicionar à sua lista de leitura para não perder os próximos capítulos.


GUIA do Escritor de FicçãoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora