The New Love Story, Part 10

3 0 0
                                                  

Fim?...

[7] Bem, espero que estejam gostando de nossa história. Sabe, as vezes é bom uma vida louca como a minha, porque assim ela nunca se torna algo monótono... se bem que as vezes é saudável um pouco de mesmice na nossa vida, por exemplo, eu adorava meus momentos com meus livros na biblioteca, amava separá-los e classifica-los de acordo com seus tipos. E era melhor ainda quando viam pessoas interessadas me fazerem perguntas sabe. Depois que Seth me demitiu dos Crinson eu voltei para a biblioteca, ele já me chamou de volta, mas recusei o pedido, não nasci para ter uma vida de secretária que anota recados e serve cafezinhos.


** " Isso foi fantástico". Acordo e Seth está ao meu lado... dormindo como um anjo... quando deito novamente em seu peito, ouço um barulho vindo do corredor. **

- - Não me toca! Eu vou entrar nesse maldito quarto.

** É a voz da Katherine... e então ela bate sem dó na coitada da porta, findando por acordar o Seth. **

Acordei com um estrondo. Parecia que estavam tentando derrubar a porta. Ouvi a voz de Katherine do outro lado da porta:

- - Seth Crinson, abra essa porta agora ou eu...

Parei de ouvi-la e me levantei, me espreguicei e vesti minhas roupas. Fui até a porta e a abri.

- O que quer Katherine?

** Eu estava deitada na cama. Quando Seth abriu a porta, Katherine lhe empurrou, subiu na cama e montou-se em mim, me batendo. Peguei o cabelo dele e troquei de lugar com ela, derrubando-a da cama. **

- - Escuta aqui sua tola Seth Crinson é meu. - Digo contorcendo-me sob aquela imunda.

- Escuta aqui você sua ruiva desbotada. Ele não te quer. Se ele quisesse, estaria com você e não comigo.

- Parem vocês duas.

Tentei separar as duas, mas não consegui

- Katherine, para com isso!

- - Não tá vendo que é a louca da sua namorada que tá me batendo?!

- Escuta aqui sua piranha, não vou mais entregá-lo de mão beijada. Se quiser ele vai ter que passar por mim.

- - Você não o ama Karter só quer o dinheiro dele. Eu o amo.

- Faça-me rir. - Rio zombando dela, e do um tapa na cala cara imunda dela.

Finalmente consegui separar as duas.

- Que droga Katherine! Por que você fez isso? Você não tem o direito, nem estávamos namorando. Minha namorada é a Lee. - Deixei Katherine de lado e fui até Lee. - Você está bem, amor?

- Estou. E não precisava ter feito isso. Estava tudo sob controle.

- Tudo sob o controle, sei. - Ri. Vi Tray entrando pela porta de meu quarto "O que é que é isso? Isso aqui está virando bagunça?!". Oque me irritou mais foi o que fez a seguir. Ele puxou Lee para si e a beijou contra a vontade. Observei aquilo com raiva e soquei a cara de Tray, ele caiu no chão com o nariz sangrando.

- O que acha que está fazendo com a minha namorada?

** " Droga, eu tô só de camisola." Diante do barulho da confusão o Senhor Crinson também aparece. Entro no meio de Seth e Tray. **

- Pare! Os dois. Se não o próximo soco pode pegar em mim.

- - Que confusão é essa? - Diz o pai de Seth.

- Esse babaca beijou a minha namorada! - Meu pai olhou para Katherine

- - Tray beijou Katherine?

The New Love StoryOnde as histórias ganham vida. Descobre agora