Chapter 25: Um banho bem quente

5.6K 522 106


Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Quase 40 mil leituras!!! Estou tão feliz <3 E para comemorar vai rolar capítulo bônus! UHUUU

Muito obrigada por tudo.

Não se esqueçam de votar e comentar o capítulo

❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤


-

Sean olha para mim e para Daniel bastante confuso. – Não entendo... Vocês já se conhecem? – questiona.

- Não. – digo rapidamente enquanto Daniel fala um belo e alto "sim".

Merda.

- Expliquem-se. – Sean decreta intrigado.

- Nós nos conhecemos... – tento parecer calma enquanto respondo, no entanto estou morrendo de medo. Será que Daniel vai fazer com que eu seja demitida? Senhor , por favor não, eu nem comecei a trabalhar ainda! - ...conhecemos... – como vou explicar isso? Tudo bem que ele bem que mereceu e eu não me arrependo nem um pouquinho, mas...

- Ela me deu um banho, foi isso que aconteceu! – Daniel interrompe, com os braços cruzados fechando seu terno, extremamente irritado, me encarando com olhos furiosos.

Sean limpa a garganta de leve e parece se aborrecer quando questiona olhando para mim. – Banho?! – pergunta me olhando com olhos caóticos.

- É? – respondo um pouco envergonhada. Também o que eu ia falar? Na verdade Sean ele se jogou em cima de mim e derrubou café quente em si mesmo. Que cara doido, não é?! – É que...

- E um bem quente! Eu ainda sinto o... – começou a resmungar para Mina, porém não consegui dar uma boa resposta á ele, pois bem no momento Sean puxou delicadamente meu braço de lado.

- Emma... - limpa a garganta uma, duas vezes  e me encara um pouco desorientado. – A senhorita poderia me explicar isso direito?

- Sean.. Quer dizer, senhor Knox eu não queria, - sussurro á ele, enquanto Daniel continua reclamando. Esse cara não cala a boca não? - juro! Sério mesmo...

- Como assim não queria? – indaga mexendo rapidamente em seus cabelos. - Se vocês tiveram um relacionamento ou...– tanta concluir, mas o paro.

- Um oque?! – pergunto alto, surpresa, com olhos arregalados. – Não, não! – respondo rapidamente rindo um pouco. – O banho que eu "dei" nele foi de café! – tento explicar, mas acho que não ajudou em nada. Sean me encara com os olhos totalmente arregalados, abre e fecha a boca rapidamente, parecendo tão chocado quanto nervoso.

Olha, - começo. - eu estava animada porque cheguei cedo hoje na empresa então fui correndo para cá e... – sorri me desculpando.

- Literalmente! – Daniel me corta. – Essa maluca aí esbarrou em mim na recepção e derrubou todo o meu cappuccino quente em mim. Olhe isso! – Abre seu paletó, indicando sua camiseta suja de café.

- Ei! Não precisa ofender, tá legal? – me defendo. - Já te pedi desculpa, o senhor que não quis aceitar! – falo alto o encarando ferozmente.

- Como se resolvesse alguma coisa! – Daniel rebate debochando.

Sean começou a rir, quer dizer gargalhar bem alto, o que fez com que nós parássemos de brigar e olhássemos para ele. Até Mina, que estava no canto calada nos encarando com olhos arregalados olhou para Sean neste momento.

Sempre sua Luce  (COMPLETO)Leia esta história GRATUITAMENTE!