Capítulo 2

4.3K 221 138
                                    

  Sigo o caminho que o garoto mandou e consigo chegar na minha sala. Algumas pessoas já estão aqui, espero que eu consiga me enturmar , porque seria horrível ficar sozinha, principalmente por que em Richmond  eu quase nunca ficava só.

    Presto atenção na aula mas o fato daquele garoto não conseguir ouvir ainda está me atormentando. Como ele consegue assistir as aulas? Fico imaginando como seria a voz dele, será que é diferente?

    Quando o sinal toca eu saio da sala, várias pessoas enchem o corredor , eu preciso achar a outra sala mas estou totalmente perdida.

   " Opa, desculpa " digo quando me bato num garoto.

  " Tudo bem " ele sorri ajeitando o cabelo loiro "  o que uma garota tão linda faz perdida?"

  Eu lhe olho de canto e sorrio, não acredito que ele tá dando em cima de mim.

" Já entendi " ele me olha " não tô dando em cima de você " ele ri e me mostra um colar daqueles que se completam " já tô preso

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.


" Já entendi " ele me olha " não tô dando em cima de você " ele ri e me mostra um colar daqueles que se completam " já tô preso."

    " Ahh " pego meu horário de aulas " eu preciso chegar nessa sala aqui."

  " Vai até o final do corredor, sobe a escada, primeira porta a esquerda no primeiro andar."

  " Obrigada " sorrio.

  " Posso saber seu nome?"

  " Rosie."

  " Sou o Jack " ele me estende a mão e eu aperto.

  " Nos vemos por aí " digo antes de sair em direção ao caminho que ele apontou.

  Não foi difícil achar a sala, na verdade estava exatamente aonde Jack disse que estaria, assim que passo pela porta noto que o garoto que encontrei mais cedo também está aqui, ele está sentado na primeira cadeira, talvez ele apenas faça leitura labial o tempo todo.

   Com esse pensamento eu me sento numa das cadeiras do outro lado da sala, olho discretamente para ele, tem tantas coisas que eu gostaria de perguntar mas infelizmente não posso.

   " Olá " uma garota de longos cabelos ruivos diz enquanto senta na cadeira atrás da minha " sou a Lenna."

  " Rosie. "

  Ela mal sabe como estou agradecida por alguém interagir comigo.

  " Caloura?" Assinto " logo você se acostuma."

" Até agora tudo pareceu impolgante."

  Será que ela sabe sobre o garoto surdo? Chama-lo de garoto surdo me incomoda, é como se eu estivesse reduzindo-o a sua deficiência e isso é muito errado. Mas o que posso fazer se mal sei seu nome?

  " Você vai amar esta aula, Zoey é uma das melhores professoras. "

  10 minutos depois uma mulher que não aparenta ter mais de 50 anos entra na sala, ela usa uma calça boca de sino preta e uma blusa florida solta. Seus cabelos cor de mel estão trançados e ela me parece hippie.

  " Bom dia queridos, a Zoey chegou " ela sorri " começo de semestre vocês sabem, preciso conhecer quem está se juntando ao barco."

  Lenna tem razão, Zoey parece divertida.

    " Então, todos vocês vão se aprensentar " ela fala devagar sempre olhando para o garoto surdo " quero nome, instrumentos que tocam e alguma artista ou banda que gostem."

   O garoto surdo está sentado na frente, será o primeiro o que é ótimo já que assim saberei seu nome, isto é se ele falar.

  " Shawn " a voz dele é um pouco diferente mas eu gosto "violão, Jonh Mayer e Ed Sheeran."

  Ele tem bom gosto música.....pera aí....como ele ouve as músicas?  Eu vou acabar louca porque tudo sobre ele é tão confuso.

    Após várias apresentações descubro que Lenna gosta de Arctic Monkeys e toca guitarra. Quando chega a minha vez ignora todos os olhares da classe sobre mim e apenas falo.

  " Rosie, piano e um pouco de violão.  Gosto do Kodaline e Adele."

  ***

  Não tive mais nehuma aula em comum com Shawn,  a cada hora o meu numero de perguntas sobre ele só aumenta e o pior é que nem posso perguntar a ele sobre isso.

  Jogo minha bolsa no sofá, meu apartamento ainda está um pouco bagunçado, só tive um dia para arruma-lo e agora estou cansada demais para desempacotar.

  O toque do meu celular enche o apartamento, corro até a bolsa e tiro ele de lá.  O nome que eu tanto conheço brilha no ecrã mas não quero atender agora , quando sai de Richmond eu também estava deixa isso para trás .

------------
  Quem tá ligando pra Rosie?

  Tão gostando da fic ?

  Qual a explicação para o Shawn conseguir fazer todas estas coisas?

  Amo-vos♡

   

The Sound [ Shawn Mendes] #Wattys2016Onde as histórias ganham vida. Descobre agora