1

576 53 52

De: Tatá

Para: Lice

Assunto: URGENTE!!!!!

Lice, pelo amor de Deus, onde você está?? Já mandei milhares de mensagens para o seu celular e para o Beto. Até para o hotel eu já liguei. Irmã, eu preciso de você, é sério. Minha vida está de cabeça para baixo, responde a droga desse e-mail!!


De: thais.martins@gmail.com

Para: juliaalopes@hotmail.com

Assunto: Procura-se uma irmã!!!!!

Júlia, é a Thaís, tudo bem? Eu sei que você está na Europa com o Deco, a Lice e o Beto, mas é que eu preciso muito falar com a minha irmã e ela não responde as minhas mensagens. Você pode, por favor, dizer para ela entrar em contato??


De: juliaalopes@hotmail.com

Para: thais.martins@gmail.com

Assunto: Re Procura-se uma irmã!!!!!

Oi, Thaís!

Tudo ótimo com a gente. Aconteceu alguma coisa com você? Fiquei preocupada ao ver seu e-mail. A sua irmã e o Beto foram para um passeio que a gente não quis ir, porque leva o dia todo, e o Deco não tem muita paciência. Talvez os celulares deles estejam com as baterias descarregadas, porque faz muitas horas que eles saíram. Você quer me dizer o que está acontecendo? Existe algo que eu possa fazer para te ajudar??


De: Thaís Martins

Para: Júlia Lopes

Assunto: FW Re Procura-se uma irmã!!!!!

Tem!! Preciso que alguém me explique o que está acontecendo! Ai, acho que eu estou ficando louca!!!!

Eu vou te dizer, mas jura que não comenta com o Deco?


De: Júlia Lopes

Para: Thaís Martins

Assunto: FW Re Procura-se uma irmã!!!!!

Eu posso tentar, mas você sabe como o meu marido é curioso...


De: Thaís Martins

Para: Júlia Toledo

Assunto: Segredo

Tá, seja o que Deus quiser.

Então, lembra aquela autora de Porto Alegre, a Tânia Picon, que escreveu um livro sobre a vida da Alice? ("As Maravilhas de Alice"). Pois é, ela também me procurou, querendo saber se poderia escrever sobre mim, porque os leitores dela sempre cobravam para saber como estava a irmã da Alice que perdeu suas maravilhas. Eu, sinceramente, não acho minha vida interessante para virar um livro, mas ela insistiu e propôs pelo menos uma conversa. Nós nos encontramos para um café e do nada acabei contando para ela tudo que aconteceu comigo, até agora.

Ela adorou e disse que seria um livro ótimo e tal. Eu fiquei meio assim... Porque a Alice encontrou o Roberto e o final deles foi bem fofo! Mas eu? Na minha vida as tragédias continuaram e não tem tanta coisa boa assim para contar. Mas ela disse que escreveria um final bom para mim e me pediu para pelo menos ler o que ela faria antes de dar minha última palavra, e eu, caí na besteira de aceitar. Então ela começou a escrever, e a enviar os capítulos para mim, e foi aí que as coisas loucas começaram a acontecer. Porque simplesmente tudo que ela escreve, acontece!


Teresin@/PortoAlegreLeia esta história GRATUITAMENTE!