LUNA

Uma semana se passou e preciso admitir que me sinto mil vezes melhor do que me sentia semana passada. Sinto que meu rosto já não está mais tão magro e parei de me pesar desde então. Depois de marcar uma consulta com um psicólogo e um nutricionista, minha vida está voltando ao normal aos poucos. Hoje é o desfile de Natalie Roman e estou mais tranquila do que imaginava.

O evento começa em apenas duas horas e tento me manter calma. Já estou no local do desfile, dando os retoques finais no vestido e esperando o maquiador me chamar.
-Você vai se sair bem, Luna -encorajo a mim mesma em frente ao espelho.
-Luna, my dear -escuto uma voz sexy e madura me chamar e não preciso me virar para ver quem é.

-Natalie! -abro um sorriso verdadeiro ao ver minha maior inspiração profissional bem a minha frente.-É um prazer revê-la.
-O prazer é todo meu, minha querida -ela me mede de cima a baixo e parece gostar do que vê.

-Já tinha visto todas as peças no começo da semana, quando nos encontramos, mas preciso dizer que são muito mais belas no corpo. Parabéns pela coleção, Luna!

-Não se esqueça que a coleção também é sua, Natalie -tento parecer modesta, mesmo depois de ouvir o elogio que tanto esperava. -Desenhei os modelos, mas você os criou.
-Parabéns a nós, então -sorrimos.-Você família virá?
-Oh, sim -assinto. -Meus pais e irmãos confirmaram sua presença. Acho que estão mais nervosos que eu, sabia?

-Que bom, minha cara. Apoio familiar é tudo -diz e um homem a chama. -Preciso averiguar  algumas coisas agora, mas venho ver todas as modelos antes do desfile começar. Boa sorte, querida.
-Obrigada, Natalie.

O maquiador logo me chama e não preciso dizer nada, afinal, todos os maquiadores sabem o tema do desfile e o que devem fazer. Passo o tempo todo de olhos fechados e só os abro quando meu celular vibra em minhas mãos. É uma mensagem de meu moreno:

"Sua família e eu já chegamos, loirinha. Tá uma loucura de fotógrafos e quero socar todos eles, por que sei que querem ficar olhando pra você e esses vestidos que você usa que me tiram do sério... Boa sorte, minha linda. Podem haver mil modelos magrelas, mas só você irá brilhar. Pelo menos pra mim..."

Respondo a mensagem com vários corações. Ô homem que sabe usar as palavras e me deixar sem elas, viu...
-Prontinho, minha queen -diz o maquiador e encaro o espelho. Minha pele está impecável e a única coisa que chama mais  atenção são meus olhos. Está tudo simples, mas perfeito.

-Ameeeei -bato palmas e o jovem rapaz dá risada. -Muito obrigada!
-Eu quem agradeço -ele cora um pouco. -Sabe, você não deve fazer nem ideia, mas é a diva da minha vida!

-Verdade? -o maquiador acena positivamente com a cabeça e com uma empolgação exagerada, me fazendo rir.
-Acho você a mulher mais chique desse mundo inteirinho, garota! Suas roupas são simplesmente perfeitas e foram elas que me despertaram o sonho de cursar moda.

Suas palavras me pegam de surpresa e me deixam um pouco emocionada.
-Qual é seu nome? -pergunto.
-Pode me chamar de Lipe, minha rainha -ele faz uma reverência extravagante e dou risada de novo.

-Lipe, se gosta tanto assim de moda, por que trabalha com maquiagem?
-Você, mais do que ninguém, sabe que o ramo da moda não é nada fácil. Sou órfão de pai e mãe e preciso me virar com o que der, fofa. Meu sonho é ser estilista, mas enquanto isso não acontece, ser maquiador paga minhas contas -vejo esperança e tristeza em seus olhos e voz, ao mesmo tempo.

-Você já desenhou algo, Lipe?
-Mas é claro! Aqui está -rapidamente ele pega seu celular rosa do bolso da calça e meu queixo vai ao chão ao ver uma peça lindíssima ali.

A Paixão Acontece - Trilogia SchneiderLeia esta história GRATUITAMENTE!