16

727 51 3


''O tempo passa devagar,

enquanto a saudade corre

em direção ao desejo de te

encontrar... ''


Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.

Fazem exatamente oito anos que cheguei a Brasilia, oito anos sem alegria em minha vida

Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.

Fazem exatamente oito anos que cheguei a Brasilia, oito anos sem alegria em minha vida. Me casei com Kellin apenas no civil, aqui no Brasil mesmo um mês depois que ela revelou que estava grávida. Minha vida desde então tem sido apenas para o trabalho e claro meu filho Phillipe de seis anos. Ele é a minha cara, até temos as mesmas manias, trejeitos... Ele sem dúvidas é a unica coisa que não me arrependo nessa estória toda. Kellin abriu sua boutique e vive de status, já que a mesma é frequentada por mulheres de deputados e por toda sociedade rica dessa cidade. Seu filho para ela, praticamente nem existe... Sempre soube que ela ficara grávida apenas para me segurar. Nunca deu amor à ele e se não fosse eu e Marta a governanta o menino seria sozinho nesse mundo. Meus pais ainda moram em Londres, eles e meu avô vem de vez em quando nos visitar, Phillipe é o xodó de minha mãe. Ela diz que parece estar me vendo quando criança ao olha-lo.

Me dediquei ao trabalho arduamente, coloquei a PLANOT no topo das Multinacionais mais valiosas do Brasil. Trouxe Pietro para trabalhar comigo, já que se apaixonou pelo Brasil quando veio a oito anos atrás. Ele continua naquela mesma vidinha dele, apenas curtição... é uma mulher diferente todo dia. Mas eu sei que ele tem uma quedinha por Julia. Sim, a amiga da minha fadinha. Ela sempre vinha no apartamento de Isís para cuidar... E ele fazia questão de esbarrar com ela propositalmente.

Falando em Isís, desde o dia do aeroporto nunca mais à vi, nem tive noticias dela. Apenas sei que tirou férias da empresa e que depois de alguns meses pediu demissão. Como eu sei disso? Eu sei de tudo da Empresa. Como ela saiu da empresa, não mora mais no mesmo apartamento já que o mesmo era cedido pela PLANOT.

Tentei saber sobre ela com Julia, mas não consegui nada. Ela não deixou nem um rastro e Julia sabe ser bem dura quando quer. Todas as vezes que entrava em contato me distratava. Mas mesmo depois desse tempo todo, meu coração continua sendo da minha ruivinha. Nunca deixei de pensar nela, na verdade lembro de nossos momentos todos os dias. As vezes consigo até ouvir sua voz doce em meu ouvido... Fui um imbecil por não ter lutado por ela, por não ter terminado com Kellin e ter feito a coisa certa desde o inicio, por não ter ido atras dela e dizer o quanto eu a amava. Mas eu vim para o Brasil com um proposito, eu não podia abandonar toda uma vida árdua por um amor prematuro... Porem hoje sou CEO altamente renomado e não sou feliz. E felicidade é o que mais me faz falta todos os dias ao ter que acordar e abrir os olhos para a realidade.

DOCE LOUCURA - Quando menos esperamos aconteceLeia esta história GRATUITAMENTE!