i

719 67 8

eu suspirei cansado, enquanto batia uma caneta contra meu caderno, entediado com a minha explicação empolgante do meu professor de história sobre a segunda guerra mundial, eram datas e anos que provavelmente esqueceria daqui algum tempo, mas que, no momento estava sendo obrigado a aprender

olhei para o relógio em cima do quadro negro e felizmente vi que faltavam apenas alguns minutos para o fim da aula, eu não suportava mais ouvir meu professor falar, era como se as palavras deles servissem como sonífero pra mim

suspirei novamente e deixei que a caneta caísse sobre o caderno, não mais aguentando olhar para a face do meu professor olhei para o lado e vi Niall dormindo sobre uma poça de baba, sortudo, ele poderia ficar de castigo após a aula por dormir em classe, mas ao menos ele estava dormindo, dei uma olhada pela sala no intuito de ver quem foram os fortes que assim como eu se mantiveram acordados, e quem assim como niall estavam dormindo, dentre os acordados, meus olhos derrepente se chocaram com os verdes que por um momento vi negros e cintilantes, me fizeram virar meu rosto para a frente automaticamente.

ele sempre me observava

eu nunca me importei em ser observado, eu não era comum, não é sempre que se vê um morador de doncaster vestindo saias e meias 7/11,
mas ser observado a todo momento a todo segundo, era algo que vinha me incomodando a algum tempo.

havia a algumas semanas, um garoto de quem eu não faço a mínima ideia o nome, simplismente surgiu na minha classe, logo pensei que fosse um aluno transferido de outro colégio, mas eu não recordo de nenhuma apresentação sobre ele para a classe, ele simplesmente apareceu sentado na última carteira da turma, e todas as vezes que eu o olhava ele estava me observando, e não apenas me olhava na sala de aula, me olhava quando estava treinando, almoçando e quando o estava conversando.
era como se ele me vigiasse a todo momento, eu perguntei a niall oque ele achava sobre o aluno novo e ele me olhou como se eu estivesse fuçando louco
talvez eu realmente esteja

o sinal que indicava o fim da aulas soou, e eu finalmente pude recolher minhas coisas e suspirar aliviado, niall acordou assustados vendo que todos já se retiravam, eu ri do seu rosto assustado enquanto ele limpava a baba com a ponte da manga do blazer do uniforme, terminei de arrumar todas as minhas coisas dentro da minha bolsa rosa e me direcionei à saída, mas não antes de notar o aluno misterioso me fitar, e, pela primeira vez pude nota lo sorrir pra mim,mas nao foi um sorriso comum, foi um sorriso malicioso, e eu sai da sala sem olhar pra trás.

Íncubos [ l.s]Leia esta história GRATUITAMENTE!