Capítulo - 2

3.9K 225 24

Aquela manhã de domingo estava adorável, com um céu azul maravilhoso e com poucas nuvens.

Charles terminava de ler o jornal matinal enquanto tomava seu café à beira da imensa piscina, na companhia de seu irmão e sua futura esposa, a bela Claire, que parecia um pouco preocupada com a mente nos preparativos do casamento, queria que tudo saísse da forma que imaginara e planejara.

— Haroldo, onde está Eve? – perguntou para um dos funcionários da casa.

George a encarou por alguns segundos, mas logo relaxou e encarou o irmão que se escondia atrás das folhas do jornal. O empregado se aproximou da mesa com passos lentos.

— A senhorita Eve chegou há algumas horas e deve estar repousando, madame.

Claire agradeceu com um gesto de cabeça, era natural que estivesse dormindo depois de virar a noite em uma boate enchendo a cara como sempre fazia, arfou decepcionada, ajeitou-se sobre a macia cadeira e quebrou o silêncio.

— Vamos ter que falar primeiro com você Charles. – Disse enquanto pousava a mão sobre a de George.

Charles abaixou o jornal e encarou ambos, como assim conversar com ele primeiro? Não tinha feito nada de errado! Mas manteve a expressão serena e assentiu, Claire trocou olhares com o noivo.

— Bom, como você é meu irmão e está solteiro e a irmã de Claire também. Decidimos que serão um dos casais de padrinhos no cartório e na cerimônia. Sei que não tiveram uma boa primeira impressão, espero que nos entenda e aceite. – Disse de forma pausada enquanto encarava-o.

Ele piscou algumas vezes, esforçando-se para manter-se calmo, mostrou um meio sorriso mantendo-se o mais automático que pôde. Claire permaneceu esperando uma resposta.

— Claro que aceito, com muito prazer. – Respondeu de forma seca.

A jovem soltou um suspiro de alívio e não demorou para que um sorriso afável dobrasse seus lábios rosados. George encarou-o por alguns segundos. Sabia muito bem que seu irmão não estava nem um pouco contente com aquela notícia. Mas não iria fazer nenhuma oposição para não magoá-lo, ainda mais se tratando de um dia tão especial, seu casamento. Claire apertou a mão do noivo, antes que pudesse dizer algo, ouviu a voz de sua mãe a chamá-la, a jovem se levantou e pediu desculpas por não terminar o café da manhã com eles.

George permaneceu encarando-a até desaparecer por entre a porta, logo se voltou na direção de Charles que estava novamente com a cara enfiada no jornal.

— Não gostou nem um pouco dessa ideia, não é? – perguntou George enquanto terminava de tomar seu café.

Charles abaixou o jornal e encarou-o por alguns segundos, dobrou o jornal e colocou de lado, voltou sua atenção para seu irmão caçula. Estava ficando com dor de cabeça devido ao calor fora do comum que fazia naquela região, diferente da gelada e fresca Londres.

— Talvez! Mas não posso estragar esse dia especial para você e a Claire, pois ela já tem alguém com quem deve se preocupar. – Respondeu categoricamente.

George não recusou uma risada, sabia que poderia contar com a discrição de seu irmão, Charles sendo sete anos mais velho que ele e bastante centrado em tudo que fazia, era formado em direito na conceituada universidade de Oxford. E ingressou na empresa como um simples funcionário no setor jurídico, assim como qualquer outro novato, logo se tornou o diretor geral devido a sua dedicação. Diferente de George que se acomodara com o cargo de gerente da filial em Cheshire, depois de terminar a faculdade.

— Essa garota pelo que o Steven andou me contando é uma encrenca e sei que não vai lhe servir de companhia, mas tem que se manter sociável perto dela. – Pausou para terminar de tomar seu café. — E como é meu irmão não quero que saia mal falado.

Amor  Por AcasoLeia esta história GRATUITAMENTE!