for you - 09

5K 456 392

Nota: pela primeira vez não vou começar uma nota com "eu sei que demorei" mesmo sabendo que demorei. tô muito feliz por todo apoio que vocês tem me dado para seguir com a fanfic, espero que estejam gostando! mais um capítulo e a fanfic terá andamento de onde denunciaram, que delícia. enfim, os comentários caíram um pouco )--: tá ruim? me fala que eu melhoro, okay? yoon ama muito vocês. *o que acharam da nova capa?* 




  ✿  



    Desastre. Um completo desastre.

    Essa seria a palavra perfeita para descrever a situação da calcinha de Harry Styles.

    Louis poderia muito bem ter esperado que chegassem a república para se divertir um pouco mais, mas preferiu quase matar ambos em um acidente de carro quando Harry chegou ao orgasmo, se derramando em suas mãos. Harry pediu para que Louis prestasse atenção no trânsito mas era impagável a expressão facial de Harry quando o mais velho lhe acariciava.

    A expressão facial de Harry Styles gozando deveria ser considerada a oitava maravilha do mundo. Era o belo de um porre.


    Chegando a república era claro que Harry estaria completamente exausto. Uma mínima dor na virilha ainda o incomodava pelo tempo em que foi submetido ao anel peniano, mas ele conseguiu melhorar um pouquinho a medida que tomava um banho gelado e passava um sabonete cheiroso de baunilha pela pele sensível.

    Quando saiu do banheiro, se deparou com um Louis concentrado fazendo anotações em um caderno, provavelmente trabalho da universidade. Aquilo era novo para Harry, afinal, Louis nunca parecera do tipo aluno dedicado. Segunda descoberta da noite.

    Um, Louis era podre de rico. Dois, Louis sabia ler. Uau. Era muito para se processar no fim das contas.

    Harry vestiu-se depressa, não querendo chamar muita atenção para si, porque Louis poderia lhe perguntar algo a respeito do trabalho e ele não estava muito interessado em mentir. Na verdade, Harry não tinha mais energia para mentir. Já lhe bastava viver um relacionamento falso, realmente Harry não precisava de mais que isso. E depois do jantar, com Louis lhe perguntando coisas a respeito de sua vida pessoal, ele já se sentia culpado o suficiente.

Cindy Hobbit: você vai chegar um qual turno, baby boy?

    O cacheado segurou-se para não xingar Cindy, ele trabalhava a quanto tempo no pub? Não era como se ele fosse mudar de turno de repente. Por que a garota insistia em lhe perguntar isso todas as noites? Era algum tipo de provocação? "Você sabe...", digitou contragosto.

-Para onde está indo, baby? — Louis perguntou docemente, vendo Harry tentando passar discretamente pela porta do quarto, erguendo o olhar antes atento no caderno em que anotava inutilidades.

-Trabalhar, você sabe. — O cacheado deu de ombros, sorrindo minimamente.

-Olha o seu horário de trabalho, — Louis riu de forma descontraída. — você por acaso é uma prostituta?

Quase.

-Louis, me respeite, okay? — O mais alto revirou os olhos e se pôs a sair, sem especular muito pois não estava com ânimo para discussões, bateu a porta. Diferentemente de Louis, claro, Louis parecia estar sempre disposto a brigar quando se tratava de defender alguma de suas ideias malucas.

transpholiarOnde as histórias ganham vida. Descobre agora