daddy's property - 08

6.6K 466 715

Nota: OLÁ!!! eu sei que demorei e tal (não tanto quanto antes) mas é que... eu tenho um tic muito estranho de alcançar metas em comentários, sabe? eu nem ligo muito pra votos, mas me importo muito com o que vocês falam porque quero ter alguma ideia do que se passa na cabeça de vocês. quanto mais vocês comentarem, mais eu vou saber o que escrever para agradar vocês, certo? então comentem bastante!!! sempre que minha mãe autorizar eu usar o notebook, estarei atualizando, kay? amo vocês, muito. dedico esse capítulo a minha bonita namorada, ananda.

         



  ❀  





     As duas primeiras aulas de Styles fisgaram toda a sua atenção, talvez pelo fato de serem práticas ao invés de teóricas e ele tinha que se manter de pé para a interação com os colegas. Como as três últimas aulas se passaram normal e tediosamente — teoricamente —, Harry se esqueceu que precisava manter os olhos abertos e simplesmente os fechou, inclinou a cabeça cacheada sobre um livro que considerou a capa um pouquinho confortável e então dormiu até o fim do dia de aula. Foi acordado por risadinhas e cochichos indiscretos. Michael e Luke estavam de pé a sua frente, "olhe o biquinho dele..." ouviu Michael murmurar.

-Ahm? Eu dormi, hm...? — Harry levantou a cabeça de repente, chocado com o grande vazio que era a sala a não ser por ele e pelos dois colegas. Esfregou os olhos e bocejou, sua cabeça latejando.

-Louis estava te procurando. — Michael contou, rindo baixinho. Luke sorriu, concordando com a cabeça. Harry não pôde conter o sorriso ao ver seu otp de mãos dadas, trocando olhares confidentes e sorrisos, imaginou se algum dia teria uma relação admirável assim.

-Me procurando? — O cacheado retornou a realidade e balançou a cabeça, espantando os pensamentos desnecessários - que incluíam a proposta que Michael havia feito para Harry de um threesome entre ele e Luke - e arregalou os olhos, encarando seu relógio de pulso. — Puta merda, quase perco a hora de ir pra casa.

-Ele está furioso no estacionamento, nós passamos em frente a sala e te vimos... Eu propus ao Lukey um estupro, porém, eu namoro um careta! — Michael desabafou, formando um biquinho nos lábios e Luke escondeu o rosto entre as mãos pela vergonha nítida.

-E-eu tenho que ir! — Harry recolheu os materiais depressa, sem se importar muito com alguns papéis que caíram ao chão, o que lhe causaria bastante arrependimento depois.

-Tchau! Bom jantar, uh? — Luke sorriu sincero enquanto via Harry desaparecer pela porta e Michael recolher um pequeno cartão do chão. Aproximou-se do namorado e apoiou o queixo no ombro do mesmo para ler o que havia escrito no pedaço de papel prateado. — Twink's Pub? O que é isso?

-Não é aquela casa de putaria do outro lado da cidade? — Michael sorriu genuíno, guardando o cartão no bolso da calça. — Interessante...



      Harry feria todos os seus poros esfregando a esponja com força pelo corpo imaculado em um banho apressado, Louis já estava irritado o suficiente e honestamente, Harry estava com fome demais para correr o risco de perder um jantar as custas do mais velho. Cinco minutos depois, ele já estava se matando para entrar em uma de suas skinny's, calçando uma bota e uma grande camiseta estampada. Louis batia os pés depressa contra o chão, produzindo ruídos irritantes enquanto o observava de braços cruzados e com um bico quase inotável.

transpholiarOnde as histórias ganham vida. Descobre agora