Lembranças

1.1K 66 1


Milena On

Acordei em um quarto todo branco, mas a coisa mais esquisita era que eu não sabia o que era aquilo, se sabia não me lembrava, logo entra uma mulher.

XxXx- olá, vejo que já acordou, vou chamar o médico.

Mi- onde eu estou?

XxXx- a senhorita está em um hospital.

E assim ela sai, mas não demora muito chega um homem.

XxXx- se lembra de alguma coisa?- nego com a cabeça- nem mesmo seu nome?- eu nem sei meu nome Meu deus, o que aconteceu. Nego novamente.

Mi- o que aconteceu comigo? O que eu estou fazendo aqui, nesse lugar? Como eu me chamo? Qual o nome do senhor.

XxXx- calma mocinha, você bateu a cabeça muito forte, desmaiou e perdeu a sua memória, meu nome é Scott sou seu médico aqui. E você se chama Milena. Tem umas pessoas lá fora querendo te ver, vou chamar elas- apenas assinto. Ele sai se passa uns dez minutos e entram três pessoas, uma menina e um menino que aparentavam ter a minha idade, e um homem mais velho.

Homem- minha filha, como você está?- minha filha?? What?

Mi- desculpa, mas eu não conheço o senhor. E nem eles- apontei para os dois parados na porta.

Homem- sabia que isso iria acontecer- ele sussurra- deixe- me apresentar, sou o Carlos seu pai, ela se chama Laura sua melhor amiga e cunhada...- o interrompi.

Mi- como assim minha cunhada?

Carlos- ela é irmã dele- aponta para o garoto- ele se chama Rafael, seu namorado- eu tenho um namorado?? Nossa, mas que menino gostoso.

Para de ser safada garota.

Quem é você?

Sou o seu subconsciente. A Josefina como você me apelidou.

Aah, Josefina? Okay né kkk

Depois dessa pequena briga com a "Josefina", eu não acredito que coloquei esse nome nela, sou uma retardada mesmo.

Fael- Mi você ta aí?- o garoto me chama.

Mi- oi garoto. Mas falando serio agora eu não me lembro de nenhum de vocês, sinto muito.

Fael- já sei, o médico falou para nós lembrarmos ela de alguma coisa que nos envolva e que seja boa essa lembrança- ele sussurou para a garota, agora olhando bem eles se parecem um pouco.

Laura- Milena, você se lembra de uma vez quando éramos pequenas, que nós fomos no parque, e compramos sorvete, e tinha uma mina lá que implicou com você, e você jogou todo o seu sorvete na cabeça dela. E ela saiu de lá pilhada de raiva?- ela começou a rir, e eu acompanhei, sim eu estava me lembrando dela.

Mi- LAURAAA vagaba, eu me lembro de ti, minha vaca- ela vem correndo me abraçar.

Laura- ain, ainda bem que você se lembrou.

Carlos- agora minha vez, filha lembra de uma vez quando eu fui te ensinar a andar de skate, e você tava indo até bem, mas teve uma hora, que você não conseguiu parar e bateu em um menino que tava andando e ele tava com refri, e derrubou tudo em vocês, e você ficou p*** da vida, e saiu xingando o coitado. Mas depois vocês viraram amigos. E eu estava gravando tudo, se lembra?- meu deus eu já fiz cada coisa.

Mi- claro que me lembro papai- rimos- e cade ele? O Henry?

Carlos- eu não sei minha filha, pelo que eu sei ele se mudo pra cá, não faz muito tempo.

Fael- quem é Henry?- falou ele bravo.

Mi- um menino aí, porque?

Fael- ahm nada não. Agora minha vez, foi no começo do ano, quando tivemos que fazer aquele maldito trabalho juntos, o que fez com que nos aproximarmos- nesse momento meu pai e a Laura sairam- depois daquele dia eu nunca mais me esqueci de você.- ele se aproxima de mim e me beija...

OpostosWhere stories live. Discover now