VIII

2.7K 266 19

Cap dedicado a Mell (Uma_Pessoa_Normal), que fez aniversário dia 04/03 como meu presente de niver. Espero que goste Mell esse cap está tão grande como eu normalmente faço ^^

Leiam as notas finais!

Desculpem os erros e boa leitura!

***

O céu começou a clarear ao poucos, e com isso as nuvens de chuva também foram se dissipando e a tempestade começou a ir embora. A calmaria das águas não condizia com o caos que havia se instalado no navio minutos depois de explodirmos o kraken, do nada vários marinheiros corriam de um lado para o outro - só agora que eles aparecem - totalmente desesperados e sem rumo nenhum. Demorou até que conseguíssemos tirar uma frase coerente de um dos homens que em meio a frases cortadas e palavras atropeladas nos explicou que o navio estava tendo vários vazamentos nos porões e que se não conseguíssemos parar esses vazamentos provavelmente iríamos afundar.

É oficial: odeio navios.

Imediatamente começamos a nos mover, cada um fazendo alguma coisa, tentando a todo o custo resolver o problema, pelo menos até conseguirmos chegar à terra firme.

Thomas se encarregou de cuidar de Ally e Alex, que foram os que saíram mais machucados depois desse confronto. Alex alegava estar bem, apesar de ter batido a cabeça, mas eu mesma insisti que ele se sentasse e ficasse parado por um tempo até termos certeza que estava realmente bem. Ally havia desmaiado nos braços de um brutamonte muito preocupado quase que no mesmo momento que os marinheiros apareceram no deque gritando desesperados. Parece que depois que a adrenalina saiu do seu corpo, a energia que ela tinha havia se acabado, e por final desmaiado. Thomas e Elric ficaram ao lado dela tentando fazê-la acordar, enquanto Anthony, Skye e eu seguíamos um dos marinheiros - um dos únicos realmente calmos, e que estava pensando racionalmente - até os porões do navio para vermos qual a extensão do problema.

_Não pode ser tão ruim assim - comentei quando terminamos de descer as escadas,a esperança que minhas palavras fossem verdade.

Ao tocar meus pés no chão, imediatamente senti a água já batendo no meu tornozelo, comprovando que pode sim, ser pior do que parece.

_Você e sua boca grande - Skye resmungou, me olhando de esguelha.

_Que é? Eu não tenho culpa disso não! Foi culpa daquele kraken, não minha - tentei me defender, e provavelmente teríamos começado uma pequena briga tentando por a culpa na outra se Anthony não tivesse percebido e se metesse no meio de nós duas e dissesse calmamente que não era lugar e nem hora para aquilo, e meio contrariadas continuamos o nosso caminho sem quaisquer outras palavras.

Nós andamos por um pequeno corredor que também estava começando a se alagar, até chegarmos em frente a uma porta grande de metal que cobria quase que a parede inteira, e depois que o marinheiro que nos acompanhava digitar uma senha em um painel do lado da mesma, a porta se abriu, se dividindo em duas e abrindo para os lados, e entrando dentro da parede, provavelmente se encolhendo e se "quebrando" entrando uma dentro da outra. Quando as portas se abriram, mais água saiu de dentro dela, quase que chegando na altura dos meus joelhos, mostrando que aquele é o lugar com o principal foco de vazamento, e que as portas antes fechadas estavam impedindo que uma maior quantidade de água fosse para o resto do navio, mas isso não quer dizer que se a água ficasse por ali o navio não iria afundar, acho que posso dizer que afundaria até mais rápido por ter mais água concentrada em um só lugar.

_Parece que temos que agir rápido - Anthony murmurou ao ver o estado em que se encontrava essa parte do navio, cheia de buracos e amassados que acabaram por se quebrar em pequenas partes fazendo água jorrar desses furos e encher cada vez mais o navio e consequentemente nos levando pra baixo junto.

Guerreiros do AmanhecerWhere stories live. Discover now