91º Capitulo

Começar do início

Esta não parece ser uma atitude da minha mãe. Ela não pode ter feito isso.

"O teu pai descobriu, e claro que se decidiu vingar. Começaram as confusões e as discussões entre eles e quem acabou por sofrer foi o pai do Zayn que ficou do lado do meu e acabou por morrer. Num acidente, foi o que o teu pai disse" sinto todo o meu corpo tremer

"E ele tinha uma espécie de barracão com uns amigos onde tinha imensos carros de coleção e assim. E ele não me queria levar lá, eu pedia-lhe mas ele nunca quis levar-me, então um dia um dos amigos dele ofereceu-se para me levar lá em segredo e eu aceitei. Foda-se eu era um puto ingénuo então eu fui" A voz do Zayn soa

Não.

"O amigo dele levou-me lá e depois disse que tinha que ir tratar de umas coisas e voltava uns minutos depois e eu fiquei lá entretido muito mais que uns minutos"

Não, não, o meu pai não pode ter morto o pai do Zayn.

"E agora tu perguntas o que é que aconteceu ao meu pai? Morreu, no meio daquela merda toda"

"Não" sussurro e olho para o meu irmão 

"Irónico até de mais para ter sido uma simples coincidência, ou um simples acidente não te parece?"

"Stefan diz-me que não" aquele que eu achava ser meu irmão limita-se a olhar para baixo não tendo coragem para me encarar  

Não não não. Tento afastar a voz do Zayn dos meus pensamentos mas ela ecoa na minha cabeça.

"No dia em que finalmente descobri que tinha razão e aquilo não tinha sido um simples 'acidente' "

"Diz-me que isto é mentira Stefan!" grito para o meu irmão e vejo lágrimas rolarem dos seus olhos

Isto não pode ser verdade. O meu coração afunda-se e choro.

"Não! Não! Não!" grito

Choro cada vez mais e mais alto num som ensurdecedor e sinto um nó no meu peito maior do que alguma vez eu pudesse sentir. Esta história não pode ser verdade.

Isto não está a acontecer.

"Sim Emma é verdade e tempo mais tarde ouveram ainda mais desentendimentos e também a tua mãe morreu" sinto um chuto no meu estomago pela reflexão à minha mãe

A pessoa que eu pensava que ela era nunca existiu? A imagem perfeita que eu idealizei dela, e do meu pai nunca existiu.

Nada existiu.

Doí-me o peito. Doí-me o coração. Doí-me a alma.

"Passando alguns anos à frente. O teu pai continuou com a empresa de exportação e importação tentando desfazer todo o passado e o meu pai seguiu com a vida dele. E tu perguntas quem ficou com isto onde nós estamos?" olho de novo em volta e olho para o meu irmão que finta o chão

Eu não quero ouvir.

"Harry Styles, Zayn Malik, e eu Stefan Styles" o nome do Zayn faz o meu coração tremer

O Zayn não por favor.

"E agora tu voltas a perguntar, se isto também era do teu pai porque é que o teu suposto irmão também não ficou com parte disto? Eu explico. Porque como te disse o meu pai e o pai do Zayn ficaram do mesmo lado e deixaram o teu pai sem poder aqui dentro" ele faz uma breve pausa e eu respiro fundo

Tenho o corpo a tremer e sinto cada batimento do meu coração no meu peito.

"No inicio nos os três só queríamos diversão. Conduzir, competir e gastar o dinheiro que ganhávamos aqui dentro em vícios. Até que ganhamos consciência e maturidade e descobrimos toda esta historia que eu acabei de te contar. O Zayn como o conheces não pensou duas vezes em dar o primeiro passo para montar-mos uma armadilha ao teu pai para nos vingar-mo. Eu por ele me ter abandonado, e o Zayn por ele ter morto o seu pai" sinto a água voltar aos meus olhos uma dor aguda atinge a minha cabeça e um buraco vazio forma-se no meu peito

Fire || Z.MLeia esta história GRATUITAMENTE!