SENTENÇA CORRETA - CENA 11: CONVITE NÃO

1.9K 60 2


  Ela queria ir. Muito. Mas, ao olhar pro garoto, viu a chance de construir algo que ela não conseguira fazer com Diego. E, talvez, ir com ele pra algum lugar reservado, naquela noite, fosse acabar com as chances de fazer funcionar. 

- Hm... Na verdade, eu não costumo passar noites fora de casa - Ela disse. - Meus pais gostam de acordar pela manhã e me encontrar dormindo na cama, não importa a hora que eu tenha retornado. Até porque, essa última parte, eles não vão descobrir mesmo. 

Alex riu. Ela suspirou aliviada. Alguns caras ficam realmente zangados quando se nega uma coisa assim e a risada dele apenas mostrou o quanto ele era especial. 

- Bom, então ao menos você tem que me dar seu telefone, não é? - Ele perguntou. 

Com um sorriso, Juliana passou seu número a ele, que discou para ela, fazendo com que ela tivesse seu número também. Então, muito cavalheiresco, ele a acompanhou até a saída da boate e lhe deu um selinho, falando que ia procurar um amigo. 

Ela deu de ombros e, despreocupada porque a rua estava cheia, andou até o ponto de ônibus mais próximo, devidamente lotado e sentou-se, esperando. Um carro parou em frente e um garoto loiro saiu de lá, xingando o suficiemente alto. Ele passou o braço ao redor do bêbado que estava sentado ao lado dele. 

- Vinícius, seu retardado, eu falei pra me esperar na porra da frente da boate e não sair andando por aí, mascando chicletes! - Ele disse. Juliana riu e isso fez o olhar dele se voltar a ela. Um tom de reconhecimento passou pelos dois. - Juliana? Juliana, certo? Garota do Diego? 

Mesmo torcendo o nariz pro "garota do Diego", ela concordou com a cabeça. 

- Otávio, né? - Ele concordou. 

- Quer carona? - Perguntou. - Pra onde? 

- Kensington. 

O garoto fez careta, obviamente não iria pro mesmo lado. 

- Sobe aí. - Disse, mesmo assim. 

Ótimo, ela pensou. Ali estava um perfeito Gentleman que não pretendia abandonar uma garota (que ele conhecia) na rua aquela hora da noite. 

Juliana, você aceita essa ajuda?
Ajuda  sim: Cena 12
Ajuda não: Cena 13

Contos Eróticos... Ou quaseRead this story for FREE!