SENTENÇA CORRETA - CENA 2: BEBIDA SIM

7.8K 169 9


  Ela concordou com a cabeça e Alex sumiu pela boate, enquanto ela se acomodou à mesa, esperando-o. Alex demorou um pouco, mas voltou antes que ela esperava, pela quantidade de gente da boate. 

- Não sabia o que pedir pra você, mas pedi pra eles virem aqui perguntar o que queremos mais em alguns minutos. 

E assim foi feito. De cinco, dez ou quinze minutos, um novo garçom passava com novas bebidas. Alex garantiu pagar tudo. Ele parecia estar sofrendo de um problema parecido com o dela e os dois estavam competindo quem estava tomando o maior porre. 

Foi assim a noite toda. Eles chegaram a se curvar, rindo um sobre o outro, falando besteira e um beijo ou outro saiu, mas nada demais. Não conseguiam nem anotar o número um do outro. 

A noite acabou e a boate ficou vazia, mas os dois não se importaram. Grudados em uma garrafa de gim, eles cantavam com todo o ar dos pulmões a última música tocada pelo DJ. 

Quando o barman, sem jeito, se aproximou dos dois. 

- Senhores. – Ele chamou. Os dois continuaram a cantar – Senhores! – Repetiu. Sentindo que os dois não iriam lhe dar atenção, o barman arrancou a garrafa de gim da mão de Alex – A boate fechou! 

Entre lamentos e tropeços, os dois deixaram a boate. A rua não estava exatamente vazia, então Juliana achou que era uma boa idéia seguir o fluxo de pessoas quando Alex agachou na porta da boate pra vomitar a bebida. 

- Frouxo – Ela murmurou, chateada por não ter conseguido o intento de seduzí-lo porque ele estava bêbado demais. 

Ela continuou caminhando aos tropeços pelo caminho que ela achava que a levaria até em casa. Sem perceber, ela passou alguns pontos de ônibus. Quando estava prestes a sentar na calçada, um carro cinza parou ao seu lado e, do motorista, um loirinho com uma covinha linda sorriu pra ela. Ela estava tentando reconhecer o garoto. 

- Ei! – Ele acenou pra ela se aproximar. – Você estava na festa com Alex, não? – Ele apontou para o garoto jogado sobre o banco traseiro do carro. - Quer uma carona? 

Juliana, você aceita essa carona?
Sim: Cena 4
Não: Cena 5

Contos Eróticos... Ou quaseRead this story for FREE!