Capítulo 3

49 5 1

Nunca senti tanto calor como agora. Estava jogada no chão. Meu corpo não respondia aos meus pensamentos. O coração não batia. Não estava respirando. Podia me ver deitada. Ensanguentada. Com um olhar pálido e distante.

O que fizeram comigo?

Eram pensamentos distantes. Um grito de uma criança. Um sopro de vida. Os pulmões se deslocando e se enchendo de ar. Eu nascendo. Sendo colocada nos braços de minha mãe. Meu pai empurrando uma bicicleta. Grito de felicidade. Agora consigo andar sem a ajuda das rodinhas. Termino de ler o primeiro gibi com a ansiedade de começar o próximo. A minha barriga roncando de fome e no prato apenas água de feijão. Minha primeira saia curta. A primeira meia 3/4. Minha mãe indo e me deixando na escuridão. O carro parado e a porta se abrindo em câmera lenta. Eu abrindo a porta. Tirando o sutiã. O meu olhar longe, concentrado além dos espelhos.

A casa das mulheres. O envelope. O resultado positivo para o teste de gravidez. A expulsão.

_____

Mateus havia chorado tudo que podia para uma criança de 6 anos. Fechou os olhos sem vida de sua mãe e se afastou do corpo. Limpou o sangue do rosto em uma toalha branca no banheiro. Trocou de roupa e jogou a ensangüentada no lixo da cozinha. Cobriu o corpo da mãe com um lençol que estava guardado embaixo da cama.

– Vem Mimo, precisamos sair antes que alguém apareça, antes de sermos mandados para algum tipo de orfanato... Temos que sair daqui.

Pegou a mochilinha do Ben 10. Colocou o cantil de água e a lancheira, que usava para levar para a escola. Dividiu com um pouco de biscoitos e ração. Você também precisa comer, pensou olhando para o gato. Colocou também uma pelúcia em forma de leão e um gibi da Turma da Mônica. Abriu a porta para nunca mais voltar.

Deu um adeus com as mãos pequeninas e inchadas, olhando para o barraco de madeira. O gato veio atrás se entrelaçando entre os pés.

O tilintar dos sinos na coleira do gato ficou cada vez mais distante na fria madrugada.

Tudo o que sabemos sobre a escuridãoRead this story for FREE!