☒ Chapter XXXXVIII.

15.6K 1.1K 1.8K

But on a Wednesday, in a cafe, I watched it begin again ͓̊(ᵕ̴̤‧̮ ᵕ̴̤)ɞ₎₎˟

.

                  

"Qual foi a primeira coisa que você gostou em mim?" Louis questionou com um sorrisinho meigo, enquanto ele estava deitado parcialmente contra o peitoral do alfa, entre suas pernas e um pouco deitado confortavelmente contra o corpo forte e grande do maior, a camiseta larga arriada para cima, mostrando seu ventre proeminente e durinho, onde os bebês estavam calmos ali dentro. O cacheado pressionou sua bochecha contra a do menor, passando as mãos grandes sobre a barriga de seu ômega e pensando sobre. Porque honestamente tudo em Louis deixou Harry extremamente encantado, maluco de paixão. Mas se ele tivesse que ressaltar a primeira coisa então seria seu aroma agradável, como laranjas.

"Antes de te ver foi seu cheiro, eu gosto tanto dele, sempre gostei. Depois de te ver foram os olhos, tão azuis, e honestamente, sua bunda também me chamou atenção gatinho." O cacheado disse sinceramente e o ômega curvou os lábios róseos num sorriso gracioso, virando parcialmente o tronco para dar um tapa fraco no braço do maior, ganhando um riso rouco mas contagiante do seu alfa. "E você, qual a primeira coisa que gostou em mim?" O maior questionou de volta e Louis colocou seus dedinhos entre os do maior, entrelaçando-os e esfregando sua barriga levemente.

"Sua voz, eu nem tinha te visto ainda, e sua voz era tão firme e máscula. Também gostei de como você era alto e forte, e tinha olhos verdes chamativos." Louis respondeu-o e o maior sorriu esfregando o nariz contra sua bochecha macia, dedilhando agora com a ponta dos dígitos a barriga do menor e fazendo desenhos imaginários na pele, tocando o umbigo saltado e beijando o ombro de Louis, que sorria o tempo todo.

"E qual a coisa que menos gostou em mim?" Harry questionou sutilmente, continuando a sentir o ventre do menor, porque ele amava aquilo. O alfa vivia tocando a barriguinha de seu ômega, conversando com seus filhotinhos e beijando o local proeminente, ou apenas olhando-o de uma forma completamente apaixonada, Louis e seus filhotes eram tudo para Harry, ele era o que era por eles. O menor hesitou, ele não gostava muito de como Harry parecia estar com todo mundo, ou como o cacheado ficava atrás de si.

"Eu odiava saber que você estava com várias e vários ômegas, ou então, como me perseguia para os lugares quando cheguei aqui, você estava sempre olhando pra minha bunda e fungando meu cheiro." Louis resmungou de uma forma meiga, então o cacheado riu pelas narinas, beijando o maxilar delicado do menor e ganhando um suspiro do mesmo, enquanto o de olhos azuis analisava as mãos grandes do seu alfa tocando-o sobre a barriga de gestante.

"Eu já estava louco por você, e estava ferrado também porque você não me dava chance alguma." Harry respondeu-o, sempre soando sério mas também calmo, e o menor riu levemente, porque ele realmente não tinha facilitado para o alfa a princípio, mas depois ele cedeu porque ele se viu louco pelo cacheado também, e não era atoa que estavam onde estavam, com uma marca permanente, dois filhotinhos saudáveis, uma aliança de compromisso e muito amor entre eles.

"E o que você menos gostou em mim?" Louis questionou firmemente, porque ele tinha interesse em saber também sobre as coisas que Harry não gostava nele, não era como se eles fossem deixar de se amarem por saberem desses pontos, talvez isso até fazia-os amarem-se mais, porque aprenderam a lidar com tais coisas, isso mostrava o quão certo e destinados eles são.

"Eu honestamente gosto de tudo em você, nunca desgostei de algo." O alfa disse, sinceramente, e o menor bufou sério sentindo os braços longos e fortes de Harry abraçando-o mais protetoramente, envolvendo seu corpinho pesado e cansado e esticando-o melhor, relaxando Louis que soltou um suspiro quando suas costas estavam completamente deitadas, porque o peso em sua barriga vinha crescendo e ele não estava acostumado com aquilo.

➹ Begin ✽ aboLeia esta história GRATUITAMENTE!