V

2.6K 280 44

Dedicado a Jujuba'(Um-ser-de-luz) pelo seu aniversário (30/01). Parabéns amiga! Espero que goste do cap ^^

Meus agradecimentos a Sheila_M_Alves por ter feito a capa do cap e ter me ajudado nele tbm :3

Decidi dividir o cap em dois pra não ficar muito grande e pra não demorar pra postar ele.

LEIAM AS NOTAS FINAIS!

Desculpem os erros e boa leitura!

***

Sabia que essa viagem ia dar merda, sabia desde o inicio.

A previsão de que chegaríamos a Southland seria de cinco a seis dias já que o barco do capitão Pete - sim, esse é o nome dele por incrível que pareça - é bem veloz, e isso é claro se uma tempestade não surgisse e atrasasse os nossos planos logo no final do quarto dia. Mereço.

Quando vi os primeiros pingos de chuva pela pequena janela da minha cabine, eu logo subi pro deque e assoviei chamando Seth, que logo apareceu pulando em meus braços, eu o levei pra dentro, o enxuguei e depois deixei algumas frutas pra ele comer e decidi voltar pro deque novamente. O tempo que eu havia ficado lá dentro cuidando de Seth, foi tempo suficiente pra chuva aumentar e fortes ventos começarem a açoitar o barco furiosamente.

Os poucos homens que trabalhavam naquele navio corriam de um lado pro outro gritando coisas desconexas e executando diversas tarefas que me deixavam tonta só de olhar, de tão rápido que eles faziam, apesar de uma tempestade sempre aterrorizar alguns marinheiros - principalmente os mais novos - todos os presentes pareciam bem tranquilos - na medida do possível - e possuíam semblantes determinados e centrados enquanto executavam as suas tarefas.

Eu estava me apoiando no inicio das escadas que levavam pro andar de baixo, o andar dos dormitórios quando de repente meu corpo foi empurrado violentamente e uma cabeleira loira passou correndo por mim indo direto para amurada do barco se debruçando no mesmo.

Sabendo do que se tratava logo segui em direção a Skye, sentindo as minhas roupas molharem rapidamente ao entrarem em contato com a chuva, por sorte, eu estava com o uniforme por baixo e o frio da água eu não iria sentir porque a roupa molhada não entraria em contato co a minha pele.

A cada momento, os ventos pareciam aumentar, e com isso a chuva parecia estar cada vez mais forte, tanto que tive que colocar meu braço sob os meus olhos pra impedir pelo menos que um pouco que as gotas da chuva caíssem diretamente nos meus olhos enquanto tentava andar em direção a Skye sem tropeçar em algo ou alguém - tentativa falha - e tentava manter meus pés o mais firme que eu podia sem ser levada pelo forte balanço do barco.

_Odeio navios - Skye disse quando eu parei ao lado dela e segurei os seus cabelos, impedindo-os que caíssem no seu rosto.

_O que de certa forma é irônico porque você ama piratas e grandes navios - tive que falar um pouco alto para que ela me escutasse já que o barulho da chuva estava alto demais.

_Sim, mas gosto deles somente em livros de história ou na TV - comentou antes de voltar a se debruçar na murada e colocar mais um pouco da suas tripas pra fora - São bem mais interessantes quando eu não estou neles - completou depois de vomitar mais um pouco.

_Imagino, mas pelo menos a chuva vai ajudar um pouco... eu acho...

_É bom que esteja certa.

Dei de ombros - Não sou a vidente aqui e nem medica pra poder afirmar uma coisa como essa com exatidão.

Guerreiros do AmanhecerWhere stories live. Discover now