Pecado sem Perdão

94 4 1

Capítulo 8

Pecado sem Perdão

"Estudo de Fractais de Fuga do Tempo" por Tobias Leondhardt

          O presente estudo procura responder as perguntas mais importantes feitas pela comunidade científica quando se trata de Geometria Fractal.

          A geometria não euclidiana envolvida nessas representações do caos acaba por impedir a total compreensão de sua importância, não somente no nosso redor, mas também na vida humana devido à falta de lógica mental, sendo somente entendida por softwares especializados.

          Benoít nos diz que o fractal é "um sistema organizado para o qual a dimensão de Hausdorff-Besicovitch excede estritamente a dimensão topológica, no qual fractais cujas estruturas sejam ego-semelhantes, ou a dimensão de Hausdorff é igual à dimensão de Minkowski-Bouligand."

          Para leigos, podemos simplificar a situação como: "o todo forma a parte e a parte forma o todo". Porém, pode-se considerar que nem mesmo a explicação do pai dos fractais pode ser uma descrição completamente correta de sua existência. Seguindo o fato de não existirem termos matemáticos precisos para a descrição de um fractal, podemos acreditar que eles são indescritíveis em sua totalidade.

          Entretanto...

Décimo Dia:

          Meus olhos começaram a doer a medida em que eu lia as informações contidas naquela pequena agenda eletrônica.

          O quê?

          O professor Tobias... Estava pesquisando fractais? Aquela agenda tinha toda a sua pesquisa e todo o seu estudo... O que exatamente está acontecendo aqui?

          Na primeira vez que peguei essa agenda, tudo que havia nela eram algumas anotações de classe e um pequeno boletim de cada aluno, mas... Mas essa agenda... Ela tem um valor que eu não conseguia entender.

          As informações se embolavam tanto em minha mente que logo eu não lia o texto em si, mas somente alguns termos isolados.

          Efeito Borboleta...

          Minha cabeça começou a latejar de dor.

          Fractais de fuga do tempo...

          Eu não entendo...

          Atractor Natural...

          Então todo esse tempo...

          Atractor Artificial...

          Tudo que Julia tem me dito...

          Leitura Fractal...

          Tudo que eu sabia sobre essa habilidade maldita...

          Previsão Linear...

          Tudo veio dessa maldita máquina?!

          O... O que é que o professor tem pesquisado? Ele sabia sobre leitura fractal? Ele sabia sobre... Sobre nós? Então ele tinha alguma ideia do que está acontecendo. Ele mesmo escreveu sobre a ação de atractores artificiais nessa pesquisa... Será que ele foi silenciado por isso? Aliás, essa pesquisa estaria somente aqui? Outras pessoas já leram o que foi escrito além de mim? Como isso poderia ser considerado algo digno de ser pesquisado? Isso chega quase a envolver poderes esper. Nenhum cientista que se preze entraria no ramo da pseudociência tão descaradamente. Não somos a Cidade Acadêmica, certo?

A Borboleta na TormentaLeia esta história GRATUITAMENTE!