Um

15.5K 900 512

[N/A]: Oi pessoas lindas! Só queria avisar que essa aí em cima, na mídia do capítulo, é a Mariana, a irmãzinha da Lívia. Espero que gostem do primeiro capítulo :3

❄❄❄

A pequena Mariana mantinha seus olhos fixos na tela do computador enquanto devorava uma tigela de sorvete e ria sozinha com seus headphones.

Lívia viu a tigela na mão da pequena e ficou com uma vontade imensa de atacá-la. - Atacar a tigela, é claro. Embora sentisse vontade de esganar a irmã algumas vezes, como por exemplo quando a pequena colocava os vídeos do Cellbit sem fones de ouvido... - Se levantou do sofá e foi até a geladeira, pegar sorvete também. Colocou três colheres cheias numa tigela de vidro e pegou uma colher. "Só um pouquinho não vai atrapalhar a dieta" pensou, dando de ombros. Na verdade, ela não estava nem aí para a dieta.

Voltou para a sala e quando passou na frente do notebook rosa da sua irmã, sentiu vontade de jogá-lo longe.

- Menina, como você não ficou surda ainda com esse viado gritando? - Ela arrancou os fones da menina, que se irritou.

- O Cellbit não é viado Lívia! Que saco! - Ela exclamou, defendendo seu tão amado ídolo do YouTube.

Saiu batendo os pés, carregando o computador em uma mão e os fones de ouvido na outra. Lívia não pôde segurar a risada. Seu maior hobbie era irritar a irmã.

- Tá bom... Só esses gritinhos já entregam o jogo... - cochichou baixinho para si mesma enquanto mudava de canal na tv.

Não achou nada de interessante então resolveu entrar no seu Twitter. Era a sua rede social preferida, já que lá ela podia reclamar da vida.

@LíviaCastro: Minha irmã é abitolada com esse @cellbit! Não aguento mais ouvir esse menino gritar!

Antes que pudesse sequer enviar o tweet, Mariana apareceu, pulando feito doida na sua frente.

- LÍVIA! O CELLBIT VAI VIR PRA SÃO PAULO EM UM EVENTO!

- Uhuul! - Lívia fingiu estar animada, jogando suas mãos para cima para "comemorar" - Foda-se! - Disse revirando os olhos.

Mariana fechou a cara. Quase chorou. Mas como era esperta, decidiu gastar suas lágrimas fazendo sua costumeira chantagem emocional para seus pais.

❄❄❄

A família Castro sempre foi rica. Lívia e Mariana nasceram em berço de ouro, mas a criação das duas foi bem diferente. Enquanto Lívia não teve a merecida atenção dos seus pais, por ter nascido numa época que eles estavam trabalhando mais do que nunca, para acumular mais e mais dinheiro nas suas contas bancárias, Mariana sempre teve toda a atenção da casa. E com apenas 10 anos já sabia conseguir tudo o que queria. Uma misturinha criada para atormentar Lívia, que mal podia esperar para fazer seus 18 anos e dar o fora daquela casa o quanto antes, já que as pessoas que ali viviam, só lembravam de sua existência, quando precisavam de alguma coisa...

HATER | Cellbit - Rafael LangeOnde as histórias ganham vida. Descobre agora