Amigos coloridos...

1.7K 95 0

Cheguei em casa e subi direto para o meu quarto, tomei um banho desci, almocei, logo vejo meu irmão descendo as escadas.

Mi- maninho- disse animada

Gui- maninha, quanto tempo não te vejo- disse com um certo sarcasmo

Mi- ue como assim a gente se vê todo dia

Gui- não mas eu to falando, faz tempo que a gente não para pra conversa apenas conversamos o necessário- pois é ultimamente eu não tenho conversado muito com ele.

Mi- pois é, já sei vamos fazer um programa só de irmãos hoje? Ou você tem alguma coisa pra fazer?

Gui- pode ser, não tenho nada não, vou pegar meu skate

Mi- pega o meu também- gritei.

Logo ele desceu, fomos caminhando para a pista que tinha ali perto de casa, estávamos quase chegando quando eu esbarro em um ser.

Mi- olha por onde anda garoto- logo percebi que era o Rafael

Fael- como sempre muito educada hein senhorita Milena. Fala ae mano- falou cumprimentando o meu irmão.

Gui- Eae. Vamos dar uma volta de skate Fael?- a meu deus não acredito que ele fez isso

Mi- gui ele não pode ir com a gente num é Rafael

Fael- claro que eu posso, só vou em casa pegar meu skate já volto.

Mi- Guilherme porque você chamou ele?- falei já brava

Gui- porque eu quis. O que tem ele ir com a gente?

Quando eu ia responder o Rafael aparece.

Fael- vamos?

Gui- vamos

O caminho foi silencioso, chegando lá, vejo o Gu.

Mi- Guu o que faz aqui?- dou um abraço nele

Gu- a mesma coisa que você. Você veio com o meu primo?

Mi- uhum- falei com um certo desinteresse

Gu- pensei que se odiavam

Mi- mas ainda nos odiamos

Gu- ódio pode virar amor, pirralha- revirei os olhos.

Mi- aaa se for falar baboseira, pode sair de perto de mim.- quando já estava virando pra ir para outro lugar ele puxa meu braço

Gu- não vamos mais falar sobre isso, sabe to com uma vontade de fazer uma coisa- ele disse aproximando seu rosto do meu.

Mi- porque não faz- falei me aproximando também.

Quando disse isso, ele agarrou minha cintura e me puxou, para colarmos nossas bocas, estava com saudades desse beijo, minhas mãos foram para no seu cabelo, dando leve puxões, ele beijou meu pescoço e deixou lá um chupão que com certeza vai ficar uma bela marca. Nos separamos por falta de ar.

Gu- tava com saudades disso.

Mi- também. Mas o que nós somos? Porque já terminamos já voltamos e terminamos denovo não entendo.

Gu- nem eu sei. An... Já sei somos amigos coloridos!

Mi- mas o que quer dizer com isso?- eu como sempre lerda demais pra entender as coisas.

Gu- tipo a gente fica sem compromisso, e somos amigos. Mas a gente pode ficar com outras pessoas.

Mi- ata tendi. Mas vamos andar?

Gu- vamos.

Percebi que o Rafael não tira os olhos de mim, andamos de skate a tarde inteira. Me despedi do Gustavo e fui pra casa, percebi que meu irmão já tinha ido embora. Já estava perto de casa quando alguém me puxa...

Eae gente
Capítulo fico meio pequeno, mas ta aí espero que gostem
Bjim ❤

OpostosWhere stories live. Discover now