Oh it's what you do to me

1.9K 196 17

Hey! Passando para agradecer o carinho e a paciência de vocês <3

E pra dizer que mesmo amando fotografia, eu não manjo nada do curso, de moda menos ainda... tudo aqui é coisa minha, podem me falar quando for um absurdo ou dar ideias para arrumar, ok? Thanks!!

Boa leitura :3

~> eu indico Photograph do Nickelback, mas pode ser a do Edinho tbm ^^

~~~~//~~~~

Nas horas seguintes eu foquei toda minha atenção no trabalho e não encarar Louis mais do que o necessário. Testei todas as combinações possíveis com o grupo e me surpreendi com o resultado, achei que talvez fosse preciso outro encontro como este, mas ao final do dia eu já havia definido mentalmente quais deles funcionavam melhores juntos e os estilos que deveriam representar.

- É isso pessoal! Megan, acho que terminamos por hoje!

- Oh, o tempo passou tão rápido... Você se tranforma quando começa a tirar as fotos, é como se outra pessoa assumisse o seu corpo, é incrível! É como ver um espetáculo de mágica, sabe? - ela falou tudo muito rápido, como quando você decora um texto em cima da hora e quando precisa fala tudo de uma só vez para não esquecer.

- Uh... não é para tanto, tenho certeza - na verdade toda essa empolgação dela me deixou sem reação, sei que estou longe desse nível - o que você chama de mágica, o psiquiátra chama de deficit de antenção... eu me concentro demais em uma determinada tarefa e me esqueço de todo o resto à minha volta.

- Mas isso não é um problema, é? - enquanto fala ela se aproxima de mim e passa uma das mãos em meu ombro e a encaro por um momento ainda me sentindo estranho com a mudança de atitude. 

Antes de responder me afasto e volto a organizar minhas coisas.

- Pode ser um grande problema quando estou numa mesa discutindo algo importante e me foco em apenas uma pessoa, que nem sempre está incluída na conversa - Liam é o único que conhece todos os lados desse meu problema e sempre me faz voltar para a realidade quando necessário.

A ruiva parece ter ficado sem saber o que dizer e é por isso que evito explicar a coisa toda, mas se vamos trabalhar com isso por meses, ela não pode se irritar quando eu ficar mais de 5 minutos sem responder enquanto olho para alguma pessoa ou coisa sem desviar o olhar.

Esse trabalho vai ser uma forma de testar meus limites, primeiro porque cada um dos modelos precisa de direções específicas quando eu posicionar a câmera, ou seja, devo me obrigar a estar atento à cena toda, todo o tempo. E segundo, minha vida não ficará mais fácil se eu fixar o olhar em um certo par de olhos azuis por vários minutos, enquanto discuto mentalmente as semelhanças e diferenças entre eles e os do meu pequeno  grande desastre do passado.

- Harry... Oi, você está aí?

- Oh... eu fiz outra vez, não foi? - estúpido Styles, você está se superando...

- Calma, dessa vez você apenas desviou um pouco, acho que logo saberei reconhecer seu padrão e tentarei ajudar enquanto estiver por aqui - oh não.

Ela está com aquele olhar. Não vi isso vindo e realmente espero estar errado, isso pode estragar o clima da coisa toda até o final.

- Você ainda tem alguma coisa para fazer aqui, ou estamos prontos para ir?

Odeio quando sei que estou certo. O sorriso de Megan passou de tímido para afetado... não vai acabar bem. Nos últimos anos eu tive apenas pequenos relacionamentos, mas nunca consegui me entregar de verdade, então sempre acabava comigo tendo a velha conversa com o "não é você, sou eu", mas nunca deixou de ser verdade.

- Você deve estar cansado... poderíamos sair e beber algo para relaxar, o que acha? - eu apenas sorrio nervoso enquanto ela claramente está jogando charme ao passar a mão pelos cabelos coloridos.

- Desculpa, mas eu tenho que trabalhar nesse material e enviar para o Liam o mais rápido possível se quisermos começar a coisa real na semana que vem...

Me viro e começo a recolher meu material me sentindo um pouquinho mal por ver o sorriso dela desaparecer com a rejeição. Não que ela não seja bonita ao seu jeito, mas também não a deixaria muito feliz se eu dissesse que aceitaria de bom grado se o convite fosse feito por algum dos modelos...

- Entendo, uma próxima vez então... teremos muito tempo... acho melhor eu ir.

- É... isso - não consigo pensar em algo bom o bastante para falar que não a deixe com ainda mais esperanças - nos vemos na próxima sessão.

Me virei para dar uma última olhada e ela acenou sem me encarar, logo seguindo apressada até a saída.

- Você precisa de ajuda com essas coisas?

Meu corpo todo tencionou quando escutei a voz rouca vinda de trás de mim, por pouco não derrubei a câmera que ainda estava apoiada no tripé. Precisei respirar fundo antes de encarar a direção de onde o som veio e ali estava ele. A menos de três passos Louis parecia um autêntico badboy em sua pose de queixo erguido e nariz empinado, o que me fez pensar se ele faz isso para parecer mais alto já que é quase dez centímetros mais baixo do que eu.

- Eu... uh... não sei, não quero te atrapalhar, você deve estar querendo descansar depois de tudo.

- Styles, certo? 

Como o fato dele apenas dizer meu nome  fez uma sensação de formigamento passar por todo meu corpo, deixando meus joelhos bambos?

- Sim, pode me chamar assim...

- Bem, eu costumava morar por aqui anos atrás, mas parece que tudo mudou, não consigo me achar muito bem... pensei em uma troca.

- Você me ajuda com toda essa parafernalha e eu te mostro um pouco da cidade?

Ele apenas deu de ombros forçando ainda mais a aparência de quem não liga para nada, mas há um brilho diferente em seus olhos... sua curiosidade ainda vai te matar Harry.

- Certo. Se agilizarmos aqui dá tempo de conhecer alguns lugares importantes e quem sabe comer alguma coisa - soltei esperando que ele rejeitasse, mas apenas pegou as coisas que eu já havia empacotado e ficou na porta me esperando terminar com o resto.








Unsaid Things (A.U. - Larry)Where stories live. Discover now