[Louis POV.]

Senti-me completamente perdido assim que chegamos ao nosso apartamento, Zayn tinha finalmente desligado o telefone. Ele se virou e ergueu as sobrancelhas pra mim, “Eu disse ao Chris que iria vê-lo quando chegássemos aqui, mas eu não disse quando... Vou entrar primeiro para que você e Harry não sejam atacados.”

Pressionei meu nariz na testa do menino adormecido e respondi calmamente: “Então, enquanto eles o abordam, acho que poderei levar Harry para o banheiro e lhe der um banho, para que então ele possa ser atacado por abraços?”

“Eu não acho que eles vão me atacar...” Zayn disse devagar, rindo e abrindo a porta do carro para sair.

Quando Zayn fechou a porta, Harry acordou assustado em meus braços. Abracei-o com cuidado e depois me soltei dele, seus olhos verdes, sonolentos, cansados e confusos: “L-Louis...”

“Desculpa por te acordar, bebê gatinho.” Disse baixinho. “Mas adivinha só? Estamos em casa!”

“Casa?” um sorriso embriagado de sono se alastrou pelo rosto do menino enquanto ele se aconchegava novamente a mim.

Antes que eu pudesse responder, a porta do meu lado estava sendo escancarada e a voz de Niall exclamava feliz: “Louis! Harry!”

Um beijo babado foi plantado na minha bochecha e então o menino com uma cauda que abanava freneticamente fez o mesmo na testa de Harry. O rosto de Harry se transformou em confusão e eu ri: “Oi Nialler... Você vai ter que cumprimentar Harry amanhã, quando ele não estiver meio adormecido.”

“Vocês estão bem?” o rosto de Liam apareceu ao lado de Niall e garoto parte cão voltou para os seus braços.

“Estamos bem.” Eu assenti com cabeça, puxando Harry para os meus braços e deslizar para fora do carro com ele. “Só precisamos de um chuveiro.”

“H-Harry n-não-” Harry instantaneamente começou tocando em minha clavícula, como se quisesse chamar a minha atenção.

“Banheira”, eu ri. “Desculpa bebê gatinho. Eu apenas falei rápido demais para o meu cérebro cansado demais acompanhar.”

“Banheira”, Harry concordou com um suspiro. “O cabelo de H-Harry está e-engraçado.”

Lutei contra uma careta, tentando me lembrar de quando o cabelo de Harry estava engraçado: “Posso imaginar...”

“Por que você está sem camisa? E o que tem no cabelo de Harry?” Niall perguntou desconfiado, seguindo-me enquanto eu levava Harry para o apartamento e Liam fechava a porta do carro.

“É uma longa história.” Informei a ele, chutando a porta que estava entreaberta.

“Sangue...” Harry disse a ele, murmurando sobre meu ombro.

“Bem, isso não é sádico...” Niall murmurou.

“Niall, deixe-os em paz.” Liam riu, enquanto eu e Harry caminhamos para o banheiro. Pude ver Chris e Zayn conversando na cozinha, e ri sozinho.

“O q-que é engraçado?” Harry me perguntou quando entramos no banheiro, sentei o menino mais novo na borda da banheira para que pudesse ir fechar a porta atrás de nós.

“Zayn gosta do meu gerente do banco.” Respondi a ele, segurando delicadamente sua cintura para não derrubá-lo dentro da banheira quando fui me inclinar para abrir a torneira.

Ele se aconchegou a mim antes que eu pudesse voltar a minha posição, “H-Harry está com sono.”

Abracei-o de leve, “Eu sei, querido gatinho. Vamos tomar banho, comer alguma coisa e depois poderemos dormir, ok?”

Uniquely Perfect ~ Portuguese Version [Book 1]Leia esta história GRATUITAMENTE!