Capítulo 5

3K 219 127

N/A: Esse capítulo é dedicado pra minha bexty @anaFontaniva ♥♥ obg por fazer parte da minha vida miga e deixar que eu faça parte da sua u.u

Boa leitura *˙︶˙*)ノ

O que foi que aconteceu ? Como eu pude deixar as coisas chegarem àquele ponto ? Onde eu estava com a cabeça ? Ele é meu chefe ! Não posso ter nenhum tipo de envolvimento com ele. E por que raios eu o chamei de Zayn ? Ele deve estar muito puto comigo agora. Além de tê-lo deixado sozinho, ainda errei seu nome. Eu sou muito burra !

A chuva ainda está forte, mas eu não me importo, preciso chegar logo em casa e não quero que o Sr. Payne me alcance por isso viro em várias esquinas antes de pegar o real caminho. Onde eu estava com a cabeça quando deixei que ele me beijasse ? Eu fiquei hipnotizada com o seu olhar sedutor e a sua voz incrivelmente sexy, o modo como ele me chama de Tina faz com que eu me sinta especial e eu simplesmente perdi a cabeça.

Corro por cerca de quinze minutos e finalmente estou no aconchego de minha casa, tiro a roupa molhada e a jogo na máquina de lavar, me dirijo para o banheiro e começo a tomar um banho quente. Fecho os olhos e recordo-me do que aconteceu alguns minutos atrás, como o seu toque me faz estremecer, como o seu beijo é doce e apaixonante, como as suas mãos quentes e grandes percorreram meu corpo e como eu quase me entreguei para ele na recepção de um edifício. Balanço a cabeça para me livrar de tais pensamentos, pois me sinto totalmente envergonhada, eu nunca fiz isso antes e fazer justo com uma pessoa que eu acabei de conhecer, que apesar de ser incrivelmente lindo e sexy, é meu chefe, me parece muito errado.

Deito-me na cama quente e me enrolo no edredom, coloco o travesseiro no rosto e deixo que algumas lágrimas escorram por meu rosto. Espero que o Sr. Payne não apareça amanhã, não vou suportar olhar em seus olhos, não vou conseguir fingir que nada aconteceu e isso é uma coisa que ninguém irá saber, porque eu não me orgulho disso, na verdade, queria apagar isso da minha memória, queria que o Sr. Payne nunca tivesse entrado no meu local de trabalho, queria que ele nunca tivesse me olhado e nunca tivesse me beijado. Pelo menos assim, a minha vida não estaria de cabeça para baixo agora.

...

Não consegui dormir direito, por isso agora o relógio marca 06:30 e eu já estou me encaminhando para o banho. Visto minha roupa sem nenhuma pressa, faço um coque desleixado e decido ir para a Coffe Payne's mais cedo mesmo. Hoje eu não estou a correr, o que é bem estranho e meus vizinhos estão me observando provavelmente tão surpresos quanto eu, fico imaginando o que eles pensariam se soubesse que eu estive a beijar meu chefe ontem. Chego na cafeteria e entro pela porta dos fundos, deixo minha mochila em um canto qualquer e vou para o salão principal, arrumo tudo que eu deveria ter arrumado ontem se o Sr. Payne não tivesse me expulsado.

A porta de entrada é aberta, provavelmente por Kate ou Hazz, mas quando eu direciono o meu olhar para a mesma, a pessoa que eu vejo faz com que eu derrube várias bandejas no chão, agacho-me rapidamente limpando a bagunça que eu fiz e vou em disparada para a cozinha. Meu coração está tão acelerado, que eu poderia ter um treco agora mesmo, respiro fundo para me acalmar e volto aos meus afazeres. Passo por ele sem falar uma palavra e sem me atrever a olhá-lo, continuo a limpar o salão principal.

" Chegou cedo. " Ele diz. " Não conseguiu dormir pensando em mim ? " 

Eu nada respondo, apenas finjo que não tem mais ninguém no local a não ser eu. Escuto seus passos a se aproximar de mim e a única coisa em que eu consigo pensar é em sair correndo, mas é óbvio que eu não vou fazer isso, então continuo a limpar a mesa do canto.

" Eu fiquei muito irritado com você, Tina. " Ele está tão perto, que sua respiração bate em minha orelha. " Não foi muito educado da sua parte sair correndo e me deixar sozinho, muito menos errar meu nome. " Estremeci, pois sabia qual seria a pergunta a seguir. " Quem é Zayn ? " Ele pergunta com um certo ódio na voz e eu permaneço calada. " Me responda ! Quem é Zayn ? " Ele grita e segura forte no meu braço, fazendo com que eu fique de frente para ele.

O Chefe || L.PLeia esta história GRATUITAMENTE!