O Começo

3.1K 107 12

Meu nome é Larissa Manoela, moro com os meus pais em Guarapuava, a cidade onde nasci. Tenho 16 anos e sou estilista, meu maior sonho é trabalhar para um cantor famoso, mas nem tudo é como a gente quer.
Levantei numa segunda-feira cedo, fiz minhas higienes, tomei banho, escovei os dentes, vesti um moletom confortável, deixei meu celular carregando e desci para tomar café. —
Silvana e Gilberto: Bom dia, filha. — Eles já estavam tomando café da manhã, então me sentei junto à eles. —
Larissa Manoela: Bom dia, família. — Sorri animada. Já com 16 anos, eu não estudo mais, só faço minha faculdade, mas estou de férias, o que quero agora é correr atrás do meu sonho. Minha família é muito animada, tomamos o café enquanto conversávamos sobre várias coisas engraçadas, meu pai é muito brincalhão e a minha mãe e eu rimos muito das piadas sem graça dele. —
Silvana: Melhor parar, porque é segunda-feira e nós dois temos que trabalhar, né Sr. Gilberto? — Nós rimos. —
Gilberto: Eu te levo até o trabalho. — Minha mãe pegou a bolsa e os dois me deram um beijo na testa, logo saíram e eu fiquei sozinha em casa. —
Larissa Manoela: Dia de faxina. — Ri sozinha, levantei, liguei o rádio e a música que estava passando era "Princesa" do João Guilherme Ávila, fui lavar os pratos, enquanto cantava. — VOCÊ QUER SER MINHA PRINCESA? E FUGIR COMIGO PRA QUALQUER LUGAR. — Agarrei uma vassoura e comecei a dançar, como se estivesse com outra pessoa. Músicas vão, músicas vem e eu terminei minha faxina por completo, já tinha lavado os pratos, lavei a casa inteira e cuidei do jardim da minha mãe. Desliguei o rádio, porque a Dona Inês já estava reclamando, velha chata. Fui pro meu quarto, tomei um banho para tirar aquela inhaca de cheiro de produto de limpeza e me joguei na cama. Peguei meu celular e tinha 15 ligações perdidas de um número que eu não tinha. — Ué, quem será? — Nem me importei, não atendo desconhecidos, então resolvi dormir um pouquinho. Acordei quase 12h com o celular tocando, atendi mesmo sem ver quem era. — Quem é o filho da mãe que está incomodando meu sono?

Xxx: Boa tarde, desejo falar com a Senhorita Larissa Manoela Taques Elias Santos, ela se encontra? — Por misericórdia, meu coração acelerou na hora. —

Larissa Manoela: Você está falando com ela.
Xxx: Somos da agência do cantor, ator e compositor João Guilherme Ávila, onde a Senhorita fez um teste para ser estilista do mesmo. — Eu abri um sorriso tão grande, que se um galo cantasse, era perigoso eu ficar assim o resto da vida. —
Larissa Manoela: EU PASSEI?
Xxx: Sim, hoje mesmo um carro do SBT vai buscá-la na sua residência, você e a equipe do João Guilherme viajarão amanhã cedo para São Paulo.
Larissa Manoela: Então, eu vou ter que mudar de cidade?
Xxx: Consequentemente, sim. — Desfiz o meu sorriso, não contava com isso. — Hoje às 19h, um carro irá buscá-la, esteja pronta e leve seus documentos. — Me despedi, ainda com uma cara triste. Por um lado, seria muito bom trabalhar para o filho do cantor sertanejo Leonardo, eu poderia conhecer vários famosos, mas por outro, vou ter que deixar minha família, meus amigos. Pensei, pensei, pensei, pensei e tomei minha decisão.



Jolari Saudade IdiotaLeia esta história GRATUITAMENTE!