For every story tagged #WattPride this month, Wattpad will donate $1 to the ILGA
Pen Your Pride

Prologo

8.9K 322 43

#Ana Clara.

-Ai mãe,ta me machucando! - minha mãe tava puxando minha orelha,pense numa mulher que tem força.

-Ja é a terceira vez Ana Clara,terceira que você vem pra delegacia e a idiota aqui tem que pagar a fiança. - diz ela e sai me arrastando até o carro.

-Ah mãe a culpa não foi minha! - entro e ela bate a porta do carro,ela arrodeia e entra logo em seguida.

-Quebrar uma garrafa na cabeça do dono do bar não foi culpa sua,me poupe Ana,pra começo de conversa,nem num bar era pra você está.- diz e começa a dirigir.

-Mãe,ele estava me assediando,eu ia ser molestada! - digo e ela bufa.

-Em casa conversamos! - diz e eu reviro os olhos.

Bom,sou Ana Clara,mais pode me chamar de Ana,Clara,Clarinha e tudo que você imaginar.
Tenho 16 anos e moro em NY,com a minha mãe.
Digamos que eu não tenho um temperamento muito bom...
E essa historia ai do dono do bar e verdade,ele ia me estrupar..so me defendi.

E o Cretino ainda me acusa!

Sou loira de nascença mesmo, tenho olhos azuis.
Cara de santa,mais não se engane,posso ser pior que isso.

Essa sou eu!

[...]

Chegamos em casa e eu ja ia pro meu quarto:

-Pro sofá agora. - aponta e eu reviro os olhos e sento no sofá.

-Ana e serio,seu comportamento tem que mudar,cinco escolas em que foi expulsa,ja foi pra delegacia três vezes. - diz e se sentá no sofá. - Eu não queria fazer isso,mais vai ser o jeito.

Diz e suspira,o que será que ela vai dizer?

-Você vai morar com a sua Tia. - What?

Levanto do sofa bruscamente. - NÃO MÃE! a Tia Rejane e doidinha das ideias.

-Ja está decidido,você vai hoje a noite.

-O QUE? - olho para ela intrigada,ela não pode fazer isso comigo.
Eu vou morrer,é meu fim.

-Sem Drama Ana,e so 2 anos! - engasgo com o ar e caio deitada no sofá.

-2 anos de puro sofrimento,dor,mágoa. - que injustiça,eu não fiz nada de mais,aos olhos dos outros sou uma santa.

-Pro quarto mocinha! - me levanto e vou ajeitar as porcarias das malas.
2 anos né,pego todas as roupas do guarda-roupa e faço uma bolinha enorme e jogo na mala,pouco me lixando se vai amassar..e pronto!

Ja fiz as malas!

[...]

-Mãe a senhora sabe que eu te amo,eu prometo mudar! - eu to gritando no meio do aeroporto e tem dois seguranças me puxando pro portão de embarque.

-Me larguem seus idiotas! - cara os dois parecem muralhas.
Eles so me soltam,quando eu ja estou sentada na cadeira do avião,ja pra partir.

-Que saco! - digo e olho pra janela.

Adeus NY!

Vou contar um pouco sobre a minha "querida" Tia Rejane.
Ela e de boa com a vida,paz no mundo,suas aureas são todas positivas..resumindo:

Ela e Hippie!
Eu gosto dela e tals,so que sua positividade me enoja as vezes e ainda tem seu filho de 4 anos,que e o mini - capeta.

Um garoto acho que com a minha idade se senta do meu lado.
Um outro garoto se senta na poltrona do lado da dele..tem três cadeiras.

-Hm..agora vi vantagem nessa viagem! - diz o que se sentou do meu lado e eu reviro os olhos. - Prazer sou Elton.

Não respondo nada.
Então ele fala. - Esse aqui e o Ryan. - ele aponta pro garoto que se sentou do seu lado.

Ele tinha estilo playboy,usava oculos escuros e uma jaqueta preta,me parece familiar.

Bonito!

Não ligo e viro meu olhar pra janela.

-Você não fala? - o Elton pergunta e eu reviro os olhos e me viro pra ele.

-Falo,mais não to afim de conversar com ninguem e nem seu amiguinho ai! - digo e aponto pro Ryan..vejo ele sorrir e o Amigo dele me encarar.

-Tabom esquentadinha! - volto meu olhar pra janela e vejo o reflexo do Ryan pela janela,ele está me olhando.

Respiro fundo,vai ser uma longa viagem.

Estava escutando musica e vendo minhas redes sociais no meu celular,quando sinto um peso no meu ombro.
Olho e vejo que é o Elton..empurro ele e ele vai pra junto do Ryan..que está acordado.

-Tira essa coisa de mim! - ele empurra o amigo de volta pra mim e empurro de volta.

-Nãm,pode ficar o amigo é seu! - empurro de volta pra ele..acho que empurrei com muita força,porque ele acordou.

-Sonhei que o avião estava balanço de um lado pro outro! - eu e o Ryan rimos.

-Então a esquentadinha sorrir é! - o Ryan fala e eu mando o dedo do meio pra ele.

[...]

Eu vi os meninos irem embora em uma lisomine.

Nossa são famosos é?

E eu fiquei aqui esperando minha Tia chegar,do lado de fora do aeroporto.
Quando de repente vejo um fusca verde,com um sinal da "paz" enorme em cima.

Respiro fundo,essa e a minha tia.

-Claraaaa! - ela vem gritando e pula em cima de mim.

-Oi Tia! - retribuo seu abraço.

-Como você cresceu! - Novidade..todo tia fala isso. - Vem vamos.

Ela me puxa até o fusca e guardo minhas malas.

Vai ser uns bons longos anos!

Indomável.《(Triologia Rebelde)》CONCLUIDOLeia esta história GRATUITAMENTE!