*50*

2.5K 215 9

Vou em direção a garota loira dos olhos azuis meu coração está a mil, só de saber que provavelmente ela é minha filha, mais eu só irei ter certeza se ela tive a mesma marca de nascença que eu, que é um lobo.
Vou em sua direção e a mesma me olha sorrindo timidamente.
Xx: posso ajudar?
Eu: sim, isso vai ser estranho, muito estranho mais você é...
Xx: eu sou o que senhora?
Eu: você é...É.
Anny: ela é sua mãe, você é a filha sequestrada dela, que a Paloma tirou quando você nasceu, pronto meu Deus.
Xx: como vocês conhecem minha mãe.
Eu: diga seu nome e Mikaelly não é mesmo? Você tem uma marca de um lobo de nascença certo?
Xx: sim meu nome é mikaelly, e como a senhora sabe que eu tenho?
Eu: me desculpe, mais eu sou sua mãe, você foi enganada esse tempo todo, e nesse tempo estou a sua procura, e como eu sei? Quando você nasceu eu vi a sua marca e você tem a mesma marca que eu.
Mikaelly: não é possivel, não posso acreditar.
Anny: me da sua mão garota, a propósito sou sua tia, e você Tricy me da sua mão.
Mikaelly: Tricy? Seu nome não me é estranho.
Ela me da a sua mão e de repente a vejo sorrir, quando nossos filhos são sequestrados ou somem, ao encontrarmos quando os tocamos as memórias que tínhamos deles vem e eles nos reconhecem.
Mikaelly: é verdade você é minha mãe.
Eu: você é muito parecida com seu pai.
Mikaelly: eu tenho irmãos?-diz toda cheia de esperança.
Eu: sim, dois, vocês são trigêmeos, você é a única menina.
Mikaelly: ebaaa.-diz batendo palmas.
Eu: se você aceita vir morar comigo eu compro suas roupas agora é você só precisará me da uma informação aonde está Paloma e como ela te tratou esses anos todo?
Mikaelly: ela me tratava super mal e quando criança ela me batia quando eu não fazia o serviço de casa, ela mora a duas ruas daqui do shopping, na casa número 256, por que?
Eu: nada filha, escolha qualquer coisa, Anny cuida dela eu vou dar um telefonema para a Lailla e já volto ok.-pisco para Anny que já me entendeu.-filha obedeça sua tia e não sai de perto dela para nada ok.
Mikaelly: ok.
Saio para fora do Shopping sem que ela perceba e pego o telefone discando para Lailla.
Ligação on.
Lailla: alô.-diz Lailla
Eu: preciso de um feitiço de uma bruxa haha.
Lailla: por que?
Eu: preciso de um feitiço de escudo para mim,depois quando chegar irei explicar.
Lailla: ok.
Ligação of.
De repente sinto como se todo o meu corpo tivesse um escudo e sei que já foi feito, pego a moto do estacionamento e vou em direção a casa daquela vadia. Bato na porta e a mesma abre e tem seu olha assustado, mais já estou meia transformada com meus olhos vermelhos.
Eu: feliz em me ver outra vez? Temos contas a acertar.
Paloma: não tenho nada pra fala com você.
Eu: respeite me sua vagabunda eu sou uma alpha e você me deve respeito.-digo em voz de alpha e e ela se encolhe.-acho que agora você está sozinha outra vez haha.
Paloma: por...Por que?
Eu: porque eu tenho minha filha de volta.
Paloma: impossível, ela não é sua.
Eu: não seja ridícula, ela é minha filha e você a tomou,e eu jurei vingança, se prepare porque hoje é o seu dia de morte babaka.
Paloma: nunca.
Ela começa fala umas coisas em outras língua e começa a se desespera sabendo que nada me acontece, devido ao escudo que tenho.
Paloma: por que não está sentindo dor?
Eu: por que? Deixa eu pensa...acho que não vou fala haha.
Ela desiste e vem pra cima de mim transformada mordendo meu pescoço, lhe empurro e me transformo ficando maior que ela pois sou uma alpha, corro para cima dela lhe atacando nas patas, e costas.
Começamos uma batalha sangrenta aqui, eu estava cheia de sangue e ela estava pior pra dar o gran finale lhe mordo o pescoço arrancando uma parte, logo ela volta a forma humana cuspindo sangue, e morre, não gosto muito de matas, mais eu iria me vingar a qualquer custo. Escuto um barulho vindo e volto a forma humana cheia de hematomas pelo corpo, uns bem fundo que demora um pouco para cicatrizar, o barulho estava próximo eu já estava em posição de ataque quando vejo Harry.
Harry: o que aconteceu aqui?
Eu: uma batalha, e eu me vinguei dela.
Harry: está tão fria, o que houve?
Eu: só cansei de ser bobinha, mais não pretendo matar outra vez, só matarei quando for para defender a minha alcatéia, e as pessoas que amo. Agora se me der licença tenho que ir.
Ele assentiu, e eu pego minha moto e volto para casa de minha irmã porque sei que ela levou Mikaelly para la, agora eu tenho minha filha, e não tem mais perigo Paloma se intrometer nas nossas vidas outra vez.

Mais um capítulo gente, a pedido de algumas pessoas tah mais um, e finalmente Mikaelly voltou e Paloma foi morta. Espero que gostem beijo, votem e comentem

meu incrivel alphaOnde as histórias ganham vida. Descobre agora