[Liam POV.]

“Algo está errado.” Joguei minhas mãos para o ar, andando de lá pra cá na frente do sofá do apartamento de Louis. Niall estava olhando pra mim, preocupado, e eu continuei: “Ele já devia ter ligado. Zayn deveria ter me dito para onde estava indo... Não, eu deveria ter o feito me dizer! Por que ele ainda não ligou?”

“Babe...” Niall disse lentamente. “Você não sabe se algo realmente está errado... Não tire conclusões ainda.”

“Mas o Zayn não me atende!” gemi e Niall estendeu a mão, agarrando-me pela cintura e me puxando para o seu colo.

Ele sorrateiramente me deu um beijo rápido, e esfregou seu rosto contra meu ombro, “Eu posso te ajudar a relaxar, se você quiser...”

“Niall!” resmunguei. Contorci-me em seus braços, antes que qualquer coisa a mais acontecesse. “Precisamos continuar tentando entrar em contato com nossos amigos.”

Niall suspirou, “Zayn é uma pessoa difícil. Mas acho que ele e Harry vão ficar bem.”

“Contra os dois caras enormes que pegaram o Louis?” questionei e Niall empalideceu.

“Tudo bem, eu vejo o porquê você está preocupado...” Niall bufou. “Isso provavelmente é horrível de dizer, mas eu realmente estou feliz por você não ter ido. Você teria deixado dois híbridos frenéticos aqui.”

“E se eles não encontraram o Louis?” ignorei-o. “Oh Deus... E se o Louis voltar e o Harry não estiver aqui? Ele vai me matar. Sem brincadeira, eu vou morrer.”

“Bem, então vamos esperar que eles estejam bem.” Niall murmurou, esfregando seu rosto contra o meu ombro. “Eu ainda estou feliz por estar com você.”

“Por que não você?” suspirei.

“Eu não sei... E se eles me quisessem ao invés do Harry?” Niall perguntou. “Ou se eles tivessem conseguido pegar você ao invés do Louis?”

Olhei com surpresa pra Niall e descobri que ele tinha seus olhos apertados e bem fechados. Ele estava se preocupando com algo que eu não iria deixar acontecer, algo que não tinha acontecido, “Nialler... Nada disso vai acontecer, ok? Eles não sabem que você existe, então não há motivo para quererem me usar como resgate, certo?

Niall me puxou para mais perto, balançando a cabeça fracamente e escondeu seu rosto em minhas costelas. Virei-me em seu colo, para que pudesse dar um beijo entre suas orelhas peludas e afagar suas costas. Niall raramente se preocupava, e eu odiava vê-lo dessa maneira. No entanto, ele se preocupava com facilidade.

Ele se preocupava se eu saísse sem ele e voltasse mais tarde do que o normal, se eu estivesse doente, ou se ele achava que eu estivesse bravo com ele por algum motivo bobo.

“Eu só...” ele reclamou contra o meu peito. “Eu realmente te amo, entende?”

“Eu sei, Nialler.” Eu o acalmava. “Eu também te amo. Nada de ruim vai acontecer com a gente, tenho certeza disso... Agora vamos voltar ao assunto, ok? Estou preocupado com os nossos amigos.”

“Eu também,” Niall bufou. “Estou preocupado com um monte de coisas... Que eu realmente estava tentando não pensar, mas agora você começou a falar e-”

“Precisamos nos acalmar... Vamos tentar não pensar mais, ok? Se eles não ligarem até a hora do jantar aí sim vamos nos preocupar, certo?” dei um beijo em sua testa, mas ele me puxou de volta para capturar meus lábios. “Se nos preocuparmos mais, vamos enlouquecer.”

“Você está certo”, Niall suspirou. “Que tal... Um café da manhã?”

“Está quase na hora do almoço, mas esse é o meu Niall.” Sorri e lhe dei um último beijo nos lábios antes de me levantar e o levar para cozinha, enquanto eu tentava ligar para o Zayn novamente.

Uniquely Perfect ~ Portuguese Version [Book 1]Leia esta história GRATUITAMENTE!