[Liam POV.]

Eu tinha acabado de deixar o meu melhor amigo.

Ele precisava da minha ajuda, e eu parti sem ele.

Ele me disse para dirigir, mas eu poderia ter saído do carro e o ajudado, poderia ter lutado com os caras. Só que Louis queria proteger Harry a qualquer custo, queria que Harry ficasse seguro.

E partir do momento que Louis fechou a porta, Harry estava histérico: “Não! N-Não, L-Louis de H-Harry! V-Volta, e-eles têm L-Louis de H-Harry!” ele gritava.

Ele estava completamente inquieto e tentando abrir a porta do carro, mas Zayn o pegou pelos braços e tentou controlar o menino de orelhas de gatinho, que já estava sem gorro, pois o mesmo havia caído no meio de todo o histerismo. Mas suas orelhas não tinham o perigo de serem vistas, já que estavam achatadas em sua cabeça.

“Não podemos, Harry.” Zayn tentava acalmar o rapaz mais jovem. “Sinto muito, mas não podemos.”

“M-Mas é o L-Louis de H-Harry!” ele lamentou. “H-Harry tem que p-pegar seu L-Louis!”

“Niall, voce pode-” Zayn começou a perguntar, mas Niall já estava balançando a cabeça e indo para o banco de trás, para ajudar Harry a ficar no carro, pois o garoto ainda se movia freneticamente.

“S-Solte H-Harry!” o menino soluçava. “S-Seu L-Louis!”

“Ele não está aqui, Harry!” Niall disse tristemente, tentando fazer o garoto entender. “Nós não sabemos onde ele está, mas-”

“Não!” Harry deixou escapar um grande soluço doloroso, caindo molemente nos braços de Zayn.

Zayn fitou surpreso o garoto, mas logo Harry estava encolhido no pequeno chão do carro, chorando e resmungando o nome de Louis.

Tirei meus olhos da estrada e fitei Harry com uma dor no coração. Ele estava se encolhendo dentro do casaco de Louis, como se quisesse se esconder nele. Voltei a olhar pra frente, tentando lutar com as lágrimas que ameaçavam escapar dos meus olhos.

“Eu não deveria tê-lo deixado”, murmurei. “Eu sou uma pessoa horrível, não deveria ter feito isso... Eu poderia-”

“Para Li.” Niall pediu, inclinando-se para frente e tocando meu braço. “Não havia nada que pudéssemos fazer, mas nós vamos encontrá-lo.”

“Eu poderia ter saído para ajudar... Eu poderia-” comecei, mas logo uma lágrima teimosa escorria pela minha bochecha, mas eu a limpei rapidamente.

“Você viu o tamanho daqueles caras?” Zayn sussurrou. “Eles eram enormes! Seria preciso três de nós para conseguir derrubar um! E enquanto tentássemos derrubar um, o outro grandalhão poderia pegar os outros dois.”

“E nós deixamos o Louis.” Gemi, e Harry, que ainda soluçava, gemeu em resposta.

“Louis não queria que eles levassem Harry.” Niall começou. “Ele fez o certo, deixando Harry fugir em segurança.”

“Sim...” balancei a cabeça. “Ele o ama, Niall.”

“E Harry claramente o ama também.” Zayn murmurou, olhando com simpatia para o menino que chorava no piso do carro. “Venha aqui, Harry.”

“Estamos chegando ao apartamento.” Informei-o. “Ele vai ter que sair daí.”

Harry ainda chorava quando eu estacionei o carro na garagem. Zayn e Niall saíram do carro com relutância, voltando para chegarem a Harry. Desci para ajudá-los a retirar o menino gatinho do carro.

Uniquely Perfect ~ Portuguese Version [Book 1]Leia esta história GRATUITAMENTE!