Eu fiz uma careta, “Ok... Consigo entender o que você quer dizer. Sem trocadilhos.” Liam fez careta, e eu continuei. “Teria sido horrível se eu atrapalhasse.”

“Tipo isso!” Liam zombou. “Seria horrível!”

“Só quero saber como você sabe o que eu estava fazendo com Harry.” Eu levantei minhas sobrancelhas para Niall.

“Porque você voltou com uma calça diferente e seus lábios pareciam ter sido fod-” Niall começou, mas Liam rapidamente colocou a mão sobre a boca do menino.

Eu ri, “Eu vou fazer xixi agora.”

“Você tem que observar por onde vai pisar.” Niall avisado. “Liam e eu-”

“Não”, Liam suspirou. “Ignore-o. Nós apenas transamos no chuveiro.”

“Não”, Niall discordou. “Não se lembra? Quando nos fomos para o chão e você-”

Levantei-me e levei minha tigela para a pia antes de sair correndo da cozinha. Esperei tempo demais para fazer xixi e agora eu realmente tinha que ir. Fiz uma pausa para examinar o meu gatinho dormindo antes de correr o resto do caminho para o banheiro. Esvaziei minha bexiga e lavei as mãos, então voltei para a cozinha.

Niall tinha se mudado para o colo de Liam e estava comendo uma banana, enquanto balançava as sobrancelhas sedutoramente para ele. Eu rapidamente anunciei: “Tem outra pessoa na cozinha! Mantenham seus pintos em suas calças ou voltem para a privacidade do banheiro.”

Liam revirou os olhos, “Onde está o seu gatinho?”

Eu sentei ao lado deles e Niall voltou para sua cadeira, “Dormindo como bebês gatinhos fazem.”

Niall riu: “Ele não é um bebê...”

“Mas ele é,” informei a ele. “Ele é o meu bebê.”

“Eu nunca te vi tão apaixonado, Louis Tomlinson.” Niall balançou a cabeça em descrença. “Eu me lembro de que você tinha um namorado... Como era o nome dele? Kyle? Você mal andava de mãos dadas com o cara! Mas com Harry... Vocês dois quando estão juntos sempre se tocam de alguma forma.”

“Harry é fofo.” Eu dei de ombros.

“Seu fofo?” Liam perguntou com um sorriso.

“O Payne sabe o que está acontecendo.” eu apontei para ele.

Naquele momento, a porta da cozinha se abriu e um Harry em pânico chegou me procurando: “L-Louis?”

Inclinei-me em torno de Liam para acenar para o rapaz mais jovem: “Bom dia, bebê gat-”

Harry me interrompeu com um gemido e então estava voando pela cozinha, e se jogando em meu colo, agarrando-se a mim incrivelmente apertado. O rosto de Harry se apertou no meu ombro e minha mão repousou levemente em suas costas em confusão, então ele começou a chorar, seu corpo magro tremendo com grandes soluços. Liam e Niall ficaram em choque, olhando de Harry para mim, e depois um para o outro em confusão.

“Bebê gatinho!” Eu cantava. “Qual é o problema? Você se machucou?”

Tentei puxá-lo para que eu pudesse olhar pra ele, mas ele simplesmente deixou escapar um gemido de pânico, arranhando-me na tentativa de se aproximar novamente. Eu consegui soltá-lo de forma suave, mas ele se apertou em meu peito novamente, ainda tremendo e chorando.

Decidir que a melhor coisa que eu poderia fazer para ele se sentir seguro era continuar abraçado, passei meus braços em torno dele e pressionei beijos em seu cabelo, e afaguei suavemente suas costas.

Uniquely Perfect ~ Portuguese Version [Book 1]Leia esta história GRATUITAMENTE!