[Liam POV.]

Enquanto Lottie era extremamente mal-humorada quando estava doente, Harry se agarrou a Louis como se o garoto mais velho fosse uma espécie de salvação. Louis não estava exatamente reclamando, no entanto.

Ele levou Harry para a cozinha, enquanto fazia a sopa para o mais jovem, depois o alimentou, e agora estava abraçado com o rapaz no colchão de ar, enquanto todos nós assistíamos à televisão.

Sentei na ponta do sofá-cama, pois Lottie havia monopolizado grande parte dele, com Niall descansando a cabeça no meu colo, e examinei Harry e Louis com cuidado.

Porque Harry estava se sentindo um pouco confuso com a febre, era evidente que Louis estava tentando manter o rapaz mais novo quieto e não se movimentando muito, por isso eu decidi usar a calma e tranquilidade de Harry para a minha vantagem.

“Harry,” eu comecei. “Você quer aprender alguma coisa?”

Harry parecia confuso, “A-aprender o quê?”

“Coisas de gramática,” Eu dei de ombros. “Não é grande coisa. Vamos começar a trabalhar sobre a forma como você fala. Bem, é óbvio na maneira que você fala que você é diferente.”

Louis me lançou um olhar mortal: “Ele está doente, Liam.”

“Ele está quieto, e só tem que repetir depois de mim.” insisti.

Louis parecia hesitante, mas Harry acenou com a cabeça mesmo estando no peito de Louis. “Tudo bem...”

“Tudo bem,” eu assenti. “Então diga: meu nome é Harry.”

“Meu nome é... Harry.” Harry disse meio grogue.

“Bom!” Eu insisti. “Agora diga: Eu sou Harry.”

“Eu sou Harry.” Harry esfregou os olhos.

“Liam, deixe-o dormir!” Louis bufou.

“Acalme-se, Lou!” Eu ri. “Estou começando a pensar que você não quer que ele pare de falar na terceira pessoa.”

Louis revirou os olhos para mim: “Você é ridículo.”

Ignorei Louis, voltando minha atenção para o menino de orelhas de gatinho: “Agora qual é o seu nome?”

“Meu... Meu nome é H-Harry”, disse Harry lentamente.

“Bom!” Eu entusiasmado. “Qual é o meu nome?”

“Liam.” disse Harry, olhando para mim como se eu fosse louco.

“Não, não.” eu balancei minha cabeça. “Bem, sim... Mas diga: seu nome é Liam.”

“Mas... Eu... Eu sou Harry!” A testa de Harry se franziu.

“Isso é muito bom!” Eu apontei para ele. “Essa é uma boa gramática! É óbvio que você pode falar se você pensar, e em seguida, adquirir o hábito de fazê-la!”

Niall, que estava assistindo a TV, olhou para mim: “Este é o processo que você passou comigo?”

“Hm...” Eu balancei minha cabeça. “Você apenas copiava o que eu dizia por... Um dia inteiro, e depois estava usando à gramática corretamente bem.”

“Tenta fazer isso com o Harry”, Niall sugeriu.

“Que tal vocês dois deixarem o meu gatinho quieto?” Louis resmungou.

“Pense sobre isso, Lou.” Eu bufei. “Se ele está sempre falando em terceira pessoa, em algum momento alguém vai ouvi-lo, e as pessoas vão ficar curiosas para saber por que ele é assim.”

Uniquely Perfect ~ Portuguese Version [Book 1]Leia esta história GRATUITAMENTE!