[Louis POV.]

A primeira coisa que senti quando acordei na manhã seguinte foi um saco frio de ervilhas do meu lado. Tirei-o de perto de mim e me sentei para fitar o proprietário do saco de ervilha. Harry ainda estava dormindo, com o braço do pulso machucado contra seu peito e seus cachos espalhados no travesseiro.

Enquanto eu olhava com carinho para ele, uma de suas orelhas se contraiu. Ele havia sido abraçado por mim, o que provavelmente era a explicação de como acordei na posse dos legumes congelados. Ao examinar seu pulso, lembrei-me do que eu tinha que fazer.

Levantei-me da cama, deixando o menino gatinho ainda dormindo e peguei meu telefone, indo para a sala de estar ligar para Zayn. Eu precisava de uma maneira que verificasse o pulso do menino mais novo, e mesmo que Zayn usasse o raio-X com os animais, ele ainda tinha acesso a uma máquina dessas.

Zayn atendeu a ligação no último toque, eu já estava pensando que ia cair na caixa postal: “Eu não tenho muito tempo...”

“Zayn!” Eu disse rapidamente. “É o Louis-”

Zayn riu: “Eu tenho identificador de chamadas, você sabe...”

“Mas você ainda me cumprimentou assim?” eu disse ofendido. “Mas, de qualquer maneira... Eu meio que preciso de sua ajuda novamente.”

“Você não está amarrado no chão com o Liam, está?” Zayn suspirou.

“Não”, eu o assegurei rapidamente, rindo. “Não, eu preciso de sua ajuda com Harry ...”

“Ele decidiu que os seres humanos são perdedores e que quer viver com alguém que é muito mais legal e parecido com ele?”

“Pare de adivinhar!” Exigi. “Você é péssimo nisso!”

“Então, eu acho que você não precisa da minha ajuda, não é?” Zayn retrucou.

“Não, eu realmente preciso!” Eu disse rapidamente.

Zayn suspirou, “Louis, são oito e meia. Eu tenho que ir para o trabalho!”

“Na clínica veterinária, certo?” Eu questionei.

‘Yeah.”

“Onde é?” Eu pressionei.

“Fica do outro lado da rua que do banco que fechou e-”

“Tudo bem, eu sei onde é!” Eu disse, preparando-me para explicar. “Harry machucou o pulso, e bem... Ele não é como você, ele não tem uma certidão de nascimento... Eu não posso levá-lo a um médico de verdade, sabe?”

“Ele é uma pessoa, Louis...” Zayn disse lentamente. "Eu não sei o que você está pensando, mas ele não pode ir a um veterinário.”

“Eu sei que ele é uma pessoa!” Exclamei. “Harry se parece com uma pessoa só que ele tem um conjunto extra de orelhas de gato... Em cima de sua cabeça. Uh, falando das orelhas, os ouvidos normais de Harry-”

"Funcionam?” Zayn riu. “Provavelmente não. O meu não. Meus ouvidos não têm nenhum canal auditivo. É apenas a pele.”

“Isso é tão estranho...” Eu murmurei. “Eu me pergunto se Niall é assim também. Nunca pensei que-”

“Tenho certeza de que os ouvidos humanos de híbridos não funcionam”, Zayn bufou. “Agora me diga por que você quer trazer Harry à clínica veterinária?”

“Poderíamos usar ilegalmente o seu raio-x?” perguntei de uma vez.

“Você está tentando me fazer ser despedido?” Zayn perguntou, incrédulo.

Uniquely Perfect ~ Portuguese Version [Book 1]Leia esta história GRATUITAMENTE!