[Louis POV.]

Harry certamente estava adorando o fato de que eu não estava trabalhando por três dias. O primeiro dia depois de eu ter sido informado que teria três dias de folga, nós praticamente assistimos a filmes no sofá o dia todo, considerando que eu não tinha dormido até quase meia-noite na noite anterior. Harry não se importava quando eu cochilava durante os filmes, e sempre parecia estar mais aconchegado a mim quando eu acordava. No segundo dia, porém, eu tinha convidado Liam e Niall para virem aqui, para que eu pudesse conversar com Liam.

Harry e Niall estavam sentados no chão jogando cartas... Niall estava tentando ensinar Harry a jogar UNO, e Harry estava tentando ser um bom aluno, mas eles estavam tendo pequenos desentendimentos.

“Compre uma carta!” Niall exclamou de repente, depois que Harry tinha acabado de jogar a sua penúltima carta.

“M-mas Harry podia colocar essa carta, então ele n-não tem que c-comprar”, disse Harry confusamente. “Harry apenas t-tem mais uma carta para jogar.”

“Exatamente”, Niall declarou. “Você não disse UNO, e se você não diz UNO quando tem apenas uma carta na mão, tem que comprar outra.”

Eu já tive que ajudar o menino um pouco, já que ele basicamente estava jogando apenas por causa das cores, porque ele não sabia como identificar os números. Ele sabia quais eram os números, ele apenas não conseguia ler.

Eu me inclinei por cima de seu ombro, afirmando: “Isso é um cinco, gatinho. Você pode jogar, já que Niall acabou de jogar um igual.”

Niall apontou para mim e gritou: “Não o ajude!”

Mas agora, Harry parecia frustrado com o que Niall lhe tinha dito: “Ah... B-bem UNO, então.”

“É tarde demais”, Niall negou com a cabeça. “Compre!”

“Não, você n-não disse a Harry a-até depois! Harry n-não tem que comprar!" Harry olhou para Niall.

Niall bufou, tirando um cartão para fora do baralho e o jogando em Harry: “Não! Eu comprei uma carta pra você!”

Harry arregalou os olhos, a carta havia acabado de bater em seu peito. Eu estava prestes a ralhar com Niall por jogar coisas em Harry, mas Harry disse: “H-Harry vai comprar para N-Niall, então!” e pegou o baralho inteiro, jogando-o  em Niall, fazendo com que explodissem cartas para todos os lados.

Liam e eu caímos na gargalhada com a resposta de violenta de Harry, e o garoto gatinho cruzou os braços, fazendo beicinho. Niall estava olhando em choque absoluto para Harry, completamente surpreso pelo que Harry havia feito.

Contudo, Niall calmamente recolheu todas as cartas e perguntou: “Quer jogar de novo?”

Para minha surpresa, Harry acenou com a cabeça. Eu ri, virando-me para Liam, “Para pessoas que vêm do mesmo lugar... Eles são muito diferentes.”

Liam estava assistindo Niall reorganizar as cartas, “Você quer dizer como Niall tem uma cauda e Harry não?”

“Bem, tipo... Estava pensando no que aconteceu para que o Dr. Shell os criasse. Mas eu estava pensando mais como personalidade... Mas se estamos falando sobre o material físico, então como Niall soa irlandês se você é a pessoa que lhe ensinou a falar?”

Liam balançou a cabeça: “Eu não sei... Mas não é uma coisa ruim... Eu realmente gosto dele, na verdade.”

Eu dei a Liam um olhar de nojo, “Obrigado por compartilhar...”

Liam me deu um olhar assustado: “Não precisa pirar!”

“Claro, Liam,” eu provoquei. “Claro...”

Uniquely Perfect ~ Portuguese Version [Book 1]Leia esta história GRATUITAMENTE!