[Louis POV.]

De alguma forma eu consegui dormir mais do que havia planejado e acordei porque alguém estava me cutucando no lado e sussurrando:

“Louis? Louis! Louis?”

“Mais cinco minutos”, eu gemi.

“M-Mas alguém está b-batendo na p-porta.” a voz de Harry sussurrou em pânico.

Esfreguei meus olhos, grogue de sono, encontrando-me caído sobre o colo de Harry e usando seu suéter como um travesseiro. Sentei-me rapidamente: “Desculpe...”

Outra batida soou na porta, e as orelhas de Harry desapareceram em seus cachos e ele me perguntou: “Q-quem será?”

“Provavelmente é apenas o Liam,” eu assegurei a ele. “É melhor colocar o seu gorro em todo o caso...”

Eu recuperei o gorro do menino no cabide e o joguei para ele. Ele o puxou para baixo sobre as orelhas e se arrastou para o meu lado, escondendo-se parcialmente atrás de mim enquanto eu abria a porta. Liam estava com as mãos nos bolsos, olhando para os seus pés: “Oi...”

“Liam?” Eu ri em confusão. “Por que você não entrou logo no apartamento? Onde está Niall?”

“Eu só vim pedir desculpas... Eu meio que fugi antes, enquanto nós estávamos conversando com Zay.” Liam murmurou.

Harry enfiou a cabeça em torno de mim, “O-oi Liam!”

“Olá, Harry...” Liam respondeu.

“Ele não era grande coisa... Eu achei que você queria dizer a Niall que havia outro híbrido.” Dei de ombros, tentando abrir a porta para que Liam pudesse entrar e quase tropeçando em Harry.

“D-desculpe”, disse Harry rapidamente, e eu ri, puxando-o para o meu lado, a fim de que ele não ficasse mais escondido atrás de mim.

“Na verdade”, começou Liam. “Eu fui perguntar a Niall se ele se lembrava de algum Zayn enquanto ele morou com Dr. Shell... Porque Zayn parecia...”

“Diferente?” Eu sugeri. “Você poderia ter perguntado ao Harry... Ou ao próprio Zayn. Ele não foi feito por um cientista. Seu pai era híbrido, mas sua mãe não. Ela era uma pessoa normal... Que se apaixonou com um híbrido e, em seguida, Zayn nasceu. Ele é... Ele é realmente um cidadão do Reino Unido, também.”

Liam olhou com os olhos arregalados para mim: “Você ficou preso com ele o suficiente para ter uma conversa assim?”

Eu suspirei, “Bem... Harry pareceu pensar que era bom e eu percebi que Zayn poderia ser um pouco de um exemplo para ele.”

“M-mas Louis é um exemplo m-melhor.” Harry protestou.

Eu sorri para o rapaz: “Obrigado gatinho.”

Liam me deu um sorriso estranho, quase como se ele soubesse de alguma coisa e eu não. Eu estreitei os olhos para ele, e Liam disse rapidamente: “Ok... Bem, eu estou perdoado, certo? Por... Bem, tudo que eu estraguei hoje?”

Eu acenei com a mão, “Hm... Sim, com certeza.”

Liam riu: “Tudo bem... Eu posso voltar para o meu apartamento e dormir agora. Só tinha de ter certeza de que ninguém estava com raiva de mim.”

“Dormir é o que eu estava fazendo até que você bateu na porta e ficou Harry em pânico.” disse a Liam.

“Você tirou uma soneca até agora? Você sabe que são nove e meia da noite, certo?” ele disse confuso.

“Adeus, Leeyum.” eu corri para frente, agarrando a cabeça de Liam para que eu pudesse dar um beijo violento sobre a testa. “Bons sonhos.”

Liam me afastou, irritado: “Argh, Louis! Você praticamente babou toda a minha testa!”

Uniquely Perfect ~ Portuguese Version [Book 1]Leia esta história GRATUITAMENTE!