Louis se soltou suavemente de Harry e cutucou seu nariz: “Depois do trabalho, gatinho!”

“Adeus, Louis!” Eu suspirei, empurrando-o até a porta.

Harry se levantou timidamente, com as mãos enfiadas em seus bolsos. Niall foi até Harry, que acabou se afastando do meu menino cão. Ignorando o óbvio desconforto do menino, Niall agarrou o pulso de Harry e o puxou para a cozinha, “Nós estamos indo aprender mais formas.”

Eu ri, seguindo-os até a cozinha para que eu pudesse terminar de lavar a louça. Niall tinha empurrado Harry em uma cadeira e estava fuçando toda a cozinha com um pedaço de papel na mão, procurando uma caneta.

Eu balancei minha cabeça para o garoto, voltando para os pratos e olhando para Harry. Ele estava cutucando um band-aid roxo que estava em seu dedo mindinho.

A curiosidade levou a melhor sobre mim, e eu lhe chamei: “O que você fez com seu dedo?”

Harry parecia um pouco assustado quando olhou para cima, e ele corou um pouco quando estendeu a mão para mim: “Q-qual?”

Fiquei surpreso ao ver cada um dos dedos de Harry além de seu polegar envolto com um curativo, “Oh... Você... Você está bastante machucado aí.”

Harry olhou para seus dedos, “P-pratos podem ser p-perigosos”.

Eu ri, segurando o prato que estava lavando e o examinei: “Ah, é? Como assim?”

Harry encolheu os ombros e com cuidado retirou seus sapatos, colocando-os debaixo da mesa para que ele pudesse puxar os pés na cadeira, “E-eles são r-realmente são afiados quando q-quebram.”

“Você se cortou com um prato quebrado, uh?” Eu perguntei. “Quem quebrou? Você ou Louis?”

“Louis q-quebrou p-por acidente”, Harry me informou. “H-Harry estava indo a-ajudá-lo a p-pegar e e-então me machuquei. Louis c-colocou band-aids, assim eu não morri.”

Naquele momento, Niall voltou para o lado de Harry, finalmente encontrando uma caneta, “Hora de voltar às formas!”

“Ok!” Harry concordou.

Niall esboçou alguma coisa no papel e apontou para ele: “Que forma é essa?”

“Quadrado.” Harry respondeu.

“Não!” Niall declarou, obviamente satisfeito por deixar Harry perplexo.

“S-sim, é!” Harry franziu a testa. “Veja, tem q-quatro lados, eles são iguais e t-tudo.”

“Ainda não é um quadrado,” Niall negou com a cabeça. “Tente de novo.”

“Não”, Harry se afastou da mesa. “É um quadrado! H-Harry não quer aprender mais, porque é um quadrado.”

“Não”, Niall bufou. “É um diamante.”

“Um diamante”, Harry respondeu. “É uma p-pedra.”

Fiquei surpreso com o conhecimento de Harry, “Como você sabe que é uma pedra, Harry?”

“Assistindo a t-televisão com Louis.” Harry respondeu.

“Ele pegou você nessa, Nialler.” Eu ri.

Niall olhou para Harry, e o mesmo se encolheu.

“Oh, bem.” Niall estalou: “Louis gosta mais de mim.”

“Niall.” Eu o avisei, sabendo que o ciúme do rapaz de Harry comigo não era motivo para seu ódio.

Harry, no entanto, já estava rangendo os dentes: “M-mas Louis gosta de Harry também...?”

Uniquely Perfect ~ Portuguese Version [Book 1]Leia esta história GRATUITAMENTE!