We have found...

10.6K 867 850

Amooooooooores! Eu sei, eu sei, eu demorei. Mas olha, eu senti tanta saudades :( eu tive uma semana péssima. Quase não dormi e isso tem acabado com meu humor e tudo o mais. Mas eu estou aqui. O capítulo não está muito grande, eu não quis enrolar muito e acho que o momento merecia todo um capítulo. Eu espero que gostem

NÓS PASSAMOS DE 35K DE VIEWS VOCÊS SÃO TÃO LINDOS QUE CHEGA QUERO CHORAR COM TANTO AMOR! Além dos mais de 2,5K de votos e comentários. Eu amo responder tudinho que vocês comentam. Sério.

Enfim, esse cap vou dedicar para todos vocês, principalmente para os que chegaram na história desde o começo. Obrigada por me acompanharem nessa loucura.

Boa leitura, mores!

TT: @lylasexual
Ask: @lylasexual
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

     Êxtase.

     Substantivo masculino. Condição daquele que está emocionalmente fora de si ou tomado por sensações adversas, intensas e contundentes como: prazer, alegria, medo etc. 

     Prazer vivíssimo, gozo íntimo, causado por uma grande admiração, enlevo ou pasmo.

     Patologia. Estado nervoso caracterizado pela perda de consciência da própria existência e pela abolição da sensibilidade a toda e qualquer ação externa.

     Estado de alma absorta na contemplação de Deus e das coisas do mundo sobrenatural.

     O que poderia trazer o êxtase para sua vida? O que seria capaz de causar a sensação de inconsciência, de plenitude? O que poderia trazer toda a essência de não conseguir importar-se com nada ao seu redor? O que poderia?

     Qual sensação poderia despertar esse sentimento tão controverso em você? É engraçada a maneira como somos capazes de desejar tanto sentir esse êxtase e podemos odiar momentos em que sentimos. É engraçado dizer como ele funciona, como consegue tirar a consciência de pessoas controladoras, levar para uma viagem ainda maior quem já está no mundo da lua.

     É engraçado como o que mais nos desperta a sensação é um sentimento tão complexo e certo. Digam o que quiserem, mas quem mais do que o amor pode te fazer sentir tanto? Quem além do tão esperado grande amor pode te proporcionar com tanta frequência e doses enormes de momentos incríveis para guardar?

     Quem poderia?

     Quem poderia mais do que ele?

     — Eu nunca o deixarei cair. — o sorriso alinhado e grande no rosto da jornalista deixou a pequena frase escapar.

     O borbulhar em sua barriga, o pulso exaltado marcado em seu pescoço, o pequeno deslumbre que poderia ser ter Lauren tão perto. Tão incrivelmente perto, e sua. Era como Camila sentia. Camila a sentia sua.

     — Eu não duvido disso. — seu polegar contornando o queixo da jornalista. — Eu confio em você. — Camila suspirou, fechando os olhos e puxando uma respiração incrivelmente longa.

     A mão livre da jornalista esgueirou-se entre os corpos tão próximos, escorregando pelo pescoço da escritora e acomodando-se nos cabelos em sua nuca.

      — Eu confio em você. — repetiu, usando, da maneira que poderia, a mão nas costas de Camila para tê-la ainda mais perto. — Camila? — chamou tão baixo quanto poderia.

     — Sim? — seus olhos estavam fechados, seu nariz pincelando com carinho a bochecha da escritora.

     — Deixa-me. — pausou, empurrando levemente a bochecha de Camila, de maneira que ela afastasse seu rosto e abrisse os olhos, focando nos de Lauren. — Deixa-me beijá-la. — murmurou. E como Camila poderia negar? Como ela poderia negar o pedido que todo seu corpo desejava realizar? Como ela poderia negar sob os olhos da sua escritora. Sua linda e maravilhosa escritora.

ReadLeia esta história GRATUITAMENTE!