Capítulo 21- O Tempo Não Para

266 31 13
                                              

Muito obrigada a todos que estão lendo. Meu agradecimento especial vai para as pessoas que comentaram e deram estrelinhas, vocês são ótimos, e por isso que continuo postado. Semana passada, só postei uma vez de novo, mas é que realmente a minha vida tá uma loucura de corrida, estou exausta, o capítulo da minha outra história me sugou, e não deu tempo de revisar e postar esse. Me desculpem, gente, mas é que realmente tô correndo. Se der tempo essa semana posto mais outro de O jogo da vingança. Mas garanto essa história tá finalizada e postarei até o fim.

O Tempo Não Para

"Disparo contra o sol

Sou forte, sou por acaso

Minha metralhadora cheia de mágoas

Eu sou um cara

Cansado de correr

Na direção contrária

Sem pódio de chegada ou beijo de namorada

Eu sou mais um cara

Mas se você achar

Que eu tô derrotado

Saiba que ainda estão rolando os dados

Porque o tempo, o tempo não para

Dias sim, dias não

Eu vou sobrevivendo sem um arranhão

Da caridade de quem me detesta

A tua piscina tá cheia de ratos

Tuas ideias não correspondem aos fatos

O tempo não para

Eu vejo o futuro repetir o passado

Eu vejo um museu de grandes novidades

O tempo não para

Não para, não, não para

Eu não tenho data pra comemorar

Às vezes os meus dias são de par em par

Procurando agulha num palheiro

Nas noites de frio é melhor nem nascer

Nas de calor, se escolhe: é matar ou morrer

E assim nos tornamos brasileiros

Te chamam de ladrão, de bicha, maconheiro

Transformam o país inteiro num puteiro

Pois assim se ganha mais dinheiro

A tua piscina tá cheia de ratos

Tuas ideias não correspondem aos fatos

O tempo não para

Eu vejo o futuro repetir o passado

Eu vejo um museu de grandes novidades

O tempo não para

Não para, não, não para

Dias sim, dias não

Eu vou sobrevivendo sem um arranhão

Da caridade de quem me detesta

A tua piscina tá cheia de ratos

Tuas ideias não correspondem aos fatos

O tempo não para

Eu vejo o futuro repetir o passado

Eu vejo um museu de grandes novidades

O tempo não para

O jogo da vingança (completo)Onde as histórias ganham vida. Descobre agora