Não devia ter feito isso

3.3K 241 3

Ainda continuo recebendo ameaças de Paloma, o que me deixa aflita tenho medo dela fazer algo pra meus filhos. Falando nisso tenho que escolher o nome dos garotos haha.
Eu: amor?
Pietro: oie princesa.
Eu: a gente tem que escolher o nome dos nosso filhote.
Pietro: o que acha daquele que nascer primeiro sendo primeiro chamar Matthew?
Eu: perfeito vai ser o nosso Matt e o outro que tal Aron?
Pietro: ótimo, bom meu anjo vou resolver uns assuntos da alcatéia,qualquer coisa só me avisar.
Eu: ok, te amo.
Pietro: eu também minha linda.-diz me dando um celinho.
Decido chamar as meninas pra fazer uma tarde de garotas.

Grupo perigoticas
Eu: oie meninas
Brenda: oie broto.
Laiila: oie pequena
Anny: manaaa oie.
Eu: gente topa vim aqui em casa? Fazer uma tarde nossa?
Todas: claro.
Grupo off

Alguns minutos depois as meninas chegam, com umas sacolas nas mãos e só pelo cheiro e comida aaah, minha barriga já deu sinal de vida só pelo cheiro haha.
Eu: oie gente, pera tem alguém com um cheiro diferente, Brenda, você tá...-fui interrompida.
Brenda:yes, eu estou.
Eu: ah meu Deus, quer dizer que o Biel mandou ver?
Brenda: cala a boca Tricy haha.
Fomos para a sala escolher um filme, decidimos assistir a culpa é das estrelas, amo esse filme.
Anny: aí gente grávida é tão melodramática haha
Eu: você vai ver quando o saco te engravidar haha, e é espero que demore pois você só tem 16 anos.
Anny: e você tem 17 e tá grávida não tem diferença alguma.
Eu: Anny cuidado, ser mãe não é fácil assim não haha.
Terminamos de assisti o filme e eu e a Brenda já chorava, grávidas fazer o que.
Já são 18:30 e estávamos conversando e brincando, até que Pietro chega.
Pietro: oie amor, oie meninas.
Eu: oie meu amor.-digo lhe dando um beijo.
Todas: e ae Pietro?
Estávamos de boa na sala e tocam a campainha e e eu vou atender.
Eu: aaah , Erick meu Deus que saudade de você chato.
Erick: oie pequena, vejo que sua barriga tá gravida, mais era pra ter nascido né?
Eu: sim, mais eu tô grávida de trigêmeos e por isso eles irão nascer daqui a dois meses.
Erick: caraca três?
Eu: sim uma menina a Mikaelly, e dois meninos o Matthew, ou Matt, e o Aron.
Erick: ah pequena fico feliz.
Eu: e a maritaca, opa desculpa sua companheira?
Erick: está bem, estamos brigado, porque vi ela conversando com um Playboy que deu em cima dela.
Eu: eita, ok né.
Ficamos conversando e brincando, e Pietro com cara de poucos amigos, é incrível ele odeia o Erick haha.
Erick: bom já vou ir pequena.-ouço um rosnado e sei que é de Pietro.
Eu: ok, até mais Erick.
Lhe dou um abraço e ele vai embora, ok vamos enfrentar a fera chamada Pietro, sorrio com esse pensamento.
Pietro: do que está rindo?-diz irritado.
Eu: de você que tá com ciúmes.
Pietro: haha morri de ri não tá vendo, acho que você deveria trabalhar em um circo, pois ri igual uma palhaca. -a não ele falo isso mesmo?
Eu: escuta aqui, palhaça e sua banda ok, ele é meu amigo, você tá com ciumes por frescura, para de ser possessivo porque eu odeio isso porra.
Pietro: tá defendendo seu amigo indo sangue-suga? Fica com ele então.
Eu: olha aqui Pietro, não me estressa, que caralho vei,fala isso mais uma vez que eu arrumo minhas coisas e sumo daqui pra bem longe de você.
Pietro: se você querer ir não vai ser eu que vai empedi.-ah vei se tá pedindo pra leva na cara mano.
Eu: se tá tirando com minha cara né? Só pode, isso porque diz que ama, ok.
Passo perto dele e lhe dou um soco, uhul levo legal, porra gostei haha.
Pietro: você não devia ter feito isso Tricy.
Eu: a é, porque? Vai me bater?
Falando isso sinto uma ardência na minha cara e sei que ele me deu um taoa, filia de uma pista não devia ter feito isso.
Eu: você não devia ter feito isso, seu cão sarnento, nunca mais me procure.
Sai chorando, droga eu me sinto tão fraca a respeito dele, porra cresce tricy, se preocupa com seus filhotes e não com um projeto de alpha, que se acha. Arrumo minhas malas, saio de cabeça erguida e não o vejo mais, ótimo, não posso ir para acha casa de meus pais, pois se ele se arrepender vai pra la, vou a cidade e arrumo um apartamento, confortável.
Chego na recepção.
Recepcionista: olá, posso ajudar?
Eu: eu gostaria de um quarto.
Recepcionista: quarto 29, seja bem vinda.
Eu: obrigado - digo sorrindo.
Entro no quarto coloco minhas malas no cloreto e deito na cama, e fico pensando como ele pode ter feito isso ,idiota , vou criar meus filhotes sozinha e ele não vai os ver, nunca NUNCA.

meu incrivel alphaOnde as histórias ganham vida. Descobre agora