Rafael

3.7K 156 11

Me chamo Rafael Bitencourt, tenho 16 anos quase 17, moro com meus pais, e minha irmã a Laura, ela tem uma amiga, muito mas muito mesmo gata, eu queria ficar com ela, mas tem uns problemas ela me odeia desde que éramos pequenos, pois eu atormentava ela todos os dias. Por isso eu tive que viajar pra ver se eu "crescia" como meus pais falam. Mas outro motivo que eu não fico com ela pois ela é o tipo de mina "nerd" e isso não seria nada bom para a minha reputação, pois eu sou um "popular" e não pego qualquer uma, eu só pego e "jogo fora" como as meninas falam. Eu tenho medo de me apaixonar.

Voltei de viagem ontem, e amanhã eu tenho aula. Voltando a mim, eu tenho olhos claros mas nem tanto, tenho 1,84 mais ou menos de altura e é isso...

Dia seguinte...

Acordo atrasado pois a minha querida irmã (sentiram a ironia?) não me acordou, levanto rápido vou ao banheiro faço minhas higienes, coloco uma calça preta um vans preto e uma camiseta polo branca.
Pego meu carro e vou para a escola chego lá 07:15. Chego e esbarro em mina que por acaso é linda mds, a olho e a mesma pede desculpas, mas pera ae é a Milena.

Fael- Milena?- ela assente

Mi- você me conhece da onde?- ela me olha e começo a rir, não mudei tanto apenas foi 4 anos longe- ta rindo do que idiota?

Fael- como sempre educada né dona Milena. Lembra de mim não? Prazer Rafael.- digo sarcasticamente- não mudei tanto ou mudei? Voltei para te atormentar.

Mi- Ha ha ha, ue mas você não estava viajando, e sim você mudou e muito, espero que tenha crescido.

Fael- ue cresci olha

Mi- muito engraçado Rafael- ela vai saindo eu eu puxo seu braço não sei o que deu em mim nessa hora- o que você quer?- dou um beijo no canto de sua boca e a mesma sai andando.

Rafael o que você fez? Essa mina ta mexendo comigo, to sentindo isso.

Você esta apaixonado Rafael

Cala a boca sub de meia tigela

Eu sou você se você não sabe disso.

Eu sei

Afastei esses pensamentos. Vocês devem achar que eu sou doido nao é mesmo, discutindo com o seu próprio subconsciente.

Cheguei na porta da minha sala e bati.

Prof- está atrasado senhor Bitencourt- odeio ser chamado pelo sobrenome

Fael- ava - ela me olhou com um olhar matador- posso entrar professora?

Prof- pode sente-se atrás da senhorita Milena- a mesma me olha e revira os olhos.

A aula estava um tédio só, eu ia dormir, mas resolvi fazer coisa melhor, atormentar a Mi...

(Rafael na mídia)

OpostosWhere stories live. Discover now