foi sem querer

4.5K 305 4

Estou me sentindo completa,pois sinto que eu e Pietro seremos muito felizes com o nosso filhote,tenho que terminar com Erick,a esses dias que estou aqui com meus pais ele nunca veio me visitar,mando varias mensagens mais ele não responde nenhuma delas,mais bom eu tenho que terminar de qualquer geito,vou a casa dele,pego a moto que havia pego da casa do Lukas e vou em direção sua cada,demorou torno de meia hora porque dekora da alcatéia até a sia casa,chego e bato na porta,quando a porta se abre vejo um garota ela é linda,mais é loba e opa eu conheço ela,essa guria é a Jessie,uma das popular da escola ela é amiga de Vanessa que eu desci a porrada haha,ela me olha com cara espantada.
Jessie: o que? Você também é loba?
Eu: não,eu sou um morcego não ta vendo.-olha como sou educada haha.
Jessie: grossa.
Eu: olha bem pra mim ve algo de grosso aqui? Acho que não né.
Jessie: o que você qier na casa do meu companheiro?
Eu: eu vim na casa do meu melhor amigo e não te devo satisfação,agora saia da minha frente porque eu não mato vacas.
Jessie: escuta aqui...-interrompo
Eu: olha flor se fecha ta. Erick?
Erick: oie pequena.-diz me abraçando.
Eu: vim lhe dizer que voltei com Pietro e iremos para a nossa casa espera cinco meses que é o tempo de nosso filhote nascer.
Jessie: você ta gravida?
Eu: não,eu to esperando um filhote de baleia.-digo sarcastica.
Jessie: você ta ferrada,Vanessa ta atras de você,ela falo que você vai pagar e ela também é loba.
Eu: eu to ligando? Acho que não,olha pra minha cara não to nem ai. Bom Erick tenho que ir tchau ah e tchau maritaca.
Saio de la monto na minha moto e vou direto pra casa,assim pensei,vejo um carro preto para na frente da moto,freio bruscalmente,ai caralho Vanessa pronto vo entra em uma briga.
Vanessa: olha quem esta aqui.
Eu: quem? Ah não vai me dizer que o circo ta aqui,me fala aonde pra mim te ve vestida de palhaça.-eu sei eu sou mal.
Vanessa: olha acho que seus dias de sarcasmo esta a acabar porque eu vim pra acaba com a sua vida.
Eu: morri de medo flor.
Começamos lutar me transformo e vou para ca dela,meu lobo é maior que o dela,e eu estou por cima dela,mordo seu pescoço fasendo ela ficar a forma humana fico na minha forma humana também meus braços e pernas estão cheios de mordida não consigo parar em pé ela está gemendo de dor,tenho que chamar Pieteo para me levar embora porque eu não consigo voltar sozinha estou muito ferida.
"Pietro por favor me ajude".
Algum tempo depois vejo Pietro aparecer,a ultima coisa que vejo é ele me pegar no colo,depois disso minha vista fica preta e eu não inchergo mais nada.

Sonho on
Estava andando pela floresta e vejo  uma garotinha loira dos olhos azuis parecida muito comigo e Pietro,estava junto com meu companheiro a garotinha estava correndo.
Eu: Mikaelly não corre.
Mikaelly: calma mamãe eu to bem,papai vamo nada no lio.-ela não sabia muito falar pois aparenta ter uns dois anos de idade.
Pietro: estou indo filha.
Ele me da um beijo e vai brinca com... não pode ser essa é minha filhote.
Sonho off.

Acordo com um pulo e vejo Pietro ao meu lado,estava dormindo mais com o meu pulo ele acordou.
Pietro: o que houve meu amor?
Eu: eu tive um sonho com nossa filhote?
Pietro: como sabe que é menina e não um menino?
Eu: porque no sonho era ela,e eu tenho a intuição que sera a nossa pequena Micaelly.
Pietro: awn eu te amo,meus dois amores.
Ele me da um beijo,como estava com saudade do seu beijo. Separamos nosso beijo pela campainha que tocou,vou abri-la e vejo Pala,ah mais é hoje que acabo com essa garota.
Paloma: vou direto ao assunto estou gravida e o pai é o Pietro,ele tera que assumir morando comigo,to pouco me fudendo se você também esta ele é meu.
Eu: olha querida sinto em lhe dizer que ele não ira com você,e que não se pode ficar gravida se não for companheira dele,pu seja você engravidou do seu próprio companheiro.
Ela fecha a mão e parte pra cima de mim,a garota tu ta pedindo sentença de morte,caiu no chao e ela cai em cima de mim,a levanto pelo pescoço e a jogo com força contra a parede,vou la e mordo seu braço banindo essa putiane da alcatéia,pô eu sou a luna ela me deve respeito essa vadia.
Ela sai e quando estava na porta começa sentir dor,pronta agora eu me fudi legal,só falta eu ter feito essa praga perde o filho,eu só me defendi.
Todas as pessoas da alcatéia me olharam com raiva,qualé porra eu me defendi bando de escroto,vejo Pietro me olha com aquele olhar ela perdeu o bebê,ah puf.
Pietro: amor?
Eu: vai me julga dizer que foi minha culpa,que vão tudo pro inferno eu me defendi,se não acredita em mim também eu vou embora e não volto também.
Saio sem nem mesmo deixar ele falar e subo pro quarto me tranco la e fico olhando para a janela,vejo Pietro ao lado daquela putiane,filia da puta,desgraçado,cão sarnento você me paga miseravel. Saio do quarto e vou la para a fora,ele me olha com cara de aonde você vai? E eu so falo bem alto.
Eu: EU VOU PARA QUALQUER LUGAR,AONDE EU NÃO SEJA A CULPADA DESSA PUTA TER PERDIDO O FILHOTE DELA,E FAÇA BOM APROVEITO COM ELA.
Saio de la empinando,eita manjei agora haha,fico perto da cachoeira pensando,poxa porque todos me culpam,eu só me defendi,não fiz nada por mal,só que ninguém intende,mundo crueeeeeel.

Bom gente um cap grande,espero que gostem votem e comentem,estou muito feliz com os 2,61k de visualizações e as 265 votações obrigado.

meu incrivel alphaOnde as histórias ganham vida. Descobre agora